Top

Dicas de Natal

Ao considerar uma viagem para a capital potiguar, a primeira coisa que você deve buscar é por dicas de Natal!

Então, já pode parar de procurar, pois separei neste post todas as dicas para aproveitar o que a cidade oferece: seja preços, passeios, transporte e tudo o que você precisa saber sobre esse lugarzinho lindo!

Sendo assim, confira as dicas de Natal e já atualize seu roteiro.

História de Natal

Não, não é coincidência: Natal tem esse nome porque foi fundada em 25 de dezembro! Interessante, né?

Em 1599, os portugueses batizaram a cidade inicialmente de Cidade de Santiago, mas anos depois, devido ao 25 de dezembro, alteraram para Natal.

Portanto, devido à ocupação portuguesa, Natal era totalmente europeia, muito valorizada pelo seu vasto litoral. E até mesmo um Forte foi construído onde os portugueses aportaram, às margens do Rio Potengi. Aliás, o Forte está lá até hoje e vale a pena conhecer, pois é um cartão-postal da cidade.

Porém, o Forte dos portugueses não durou muito, sendo logo invadido por holandeses. Assim, Natal passou por mais uma mudança cultural, o que é possível ver em sua gastronomia.

Já com a saída dos holandeses, 21 anos depois, Natal passou a ser completamente brasileira, mas somente na década de 1980 que virou cidade turística, ganhando fama no país e no mundo por suas belas praias e piscinas naturais.

Dicas de Natal - História da cidade

Dicas importantes de Natal: quando ir a Natal?

Natal é o lar de praias ímpares paradisíacas, cada uma com suas peculiaridades e encantos. Sendo assim, a cidade se tornou o destino ideal para desfrutar do mar, chamando a atenção de turistas do país inteiro. E além das praias maravilhosas, vale ressaltar que Natal é um local ensolarado e quente, o que fortalece ainda mais a sua fama litorânea.

Mas se Natal é um destino de atrações praianas, significa também que há um período certo para ir, pois já pensou chegar lá e se deparar com chuva, justo no dia de praia? É de quebrar as pernas, né?

Por isso, não aconselho ir a Natal durante os meses de março a agosto, pois é o período de cheia na cidade. Ou seja: águas turvas, escuras, muita chuva e passeios cancelados.

Por outro lado, indico ir a Natal a partir de outubro, pois as chances de chuva são praticamente nulas. Além disso, o clima é ideal para praias: quente e com céu sem nuvens! Aliás, em outubro e novembro acontece a baixa temporada, então dá para economizar bastante nessa época.

Não deixe de conferir o post completo sobre a melhor época para ir a Natal

Dica: Quando ir a Natal

A beleza que é Natal se visitado na época certa: céu azul, sol, praia deserta e brisa fresca. Paula Rocha

Quantos dias ficar em Natal?

O tempo mínimo para aproveitar tudo de melhor que Natal tem a oferecer é de 4 a 5 dias inteiros. Isso porque Natal tem muito o que oferecer, e algumas praias merecem total atenção, sério! Seria um desperdício ficar apenas um tempinho nelas.

Aliás, aconselho conferir o post completo: Melhores praias de Natal

Assim, ficando de 4 a 5 dias, certamente você conseguirá fazer os principais passeios da região.

Porém, se você quer realmente conhecer Natal, aconselho a ficar 10 dias, pois neste período é possível conhecer as atrações mais famosas, os arredores (inclusive Pipa), aproveitar as melhores praias, ir aos melhores restaurantes e absolutamente tudo sem pressa.

Genipabu, em Natal.

Da até vontade de ficar a vida toda aqui, né? Esta é a praia de Genipabu. Paula Rocha

Vale a pena alugar carro em Natal?

Olha, depende do seu roteiro.

Por exemplo, se você for passar uns dias em Pipa, alugar o carro pode ser uma boa opção. Todavia, se você não quer ou não gosta de dirigir, Natal e os municípios vizinhos têm muitas opções de transportes públicos e privativos, principalmente durante os passeios.

Para ir até Pipa, as agências de turismo oferecem transfers, então você não encontrará dificuldades para se locomover por lá.

Por outro lado, se você for ficar apenas em Natal, não aconselho o aluguel de carros, pois praticamente todos os passeios buscam os visitantes em seus respectivos hotéis.

Dica de Natal rápida: fique na região de Ponta Negra, pois é parte de Natal que está mais perto das atrações.

Como é o Aeroporto de Natal?

O Aeroporto Internacional de Natal fica na cidade de São Gonçalo do Amarante, localizado a cerca de 40 km de Ponta Negra, a região mais procurada pelos turistas para ficar, já que está próxima das melhores praias e atrações turísticas.

Por sua vez, o aeroporto de Natal é grande e completo, com restaurantes, lojas, farmácias e caixas eletrônicos, então você não passará por perrengues.

Já para sair do aeroporto, você pode escolher entre táxis, carros disponibilizados por aplicativos (geralmente estão próximos do aeroporto), transfer de van coletiva ou individual ou ônibus.

Aliás, também dá para alugar veículo, pois o aeroporto também conta com guichês de aluguel de carros.

A opção mais cara é táxi, que fica aproximadamente R$100 até Ponta Negra. Por outro lado, a opção mais rentável é o ônibus urbano, com passagem de R$5.

Recomendo consultar as opções de transfer com sua hospedagem, porque muitos hotéis têm esse serviço, bem como algumas agências de turismo.

Dicas para conhecer Natal de ônibus: Rodoviária de Natal

A rodoviária de Natal tem ônibus que passam em todos os bairros da cidade, inclusive nos destinos próximos e também locais de passeios que estão incluídos nos roteiros de muitas agências de turismo de Natal.

Sendo assim, confira as principais rotas saindo de Natal:

  • Pipa, empresa Riograndense. 2h de viagem
  • João Pessoa, empresas Nordeste e Progresso. 3h de viagem
  • Recife, empresa Progresso. 5h de viagem
  • Aracati (Canoa Quebrada), empresa Nordeste. 6h de viagem
  • Fortaleza, empresas Nordeste e Expresso Guanabara. 8h de viagem

Vale a pena fazer bate-volta de Natal para Pipa?

A verdade é que o bate e volta em Pipa é bastante corrido e embora dê para conhecer as principais atrações turísticas, aconselho a ficar mais tempo no vilarejo.

Pipa é uma cidade boa tanto durante o dia quanto durante a noite, então se você fizer um bate e volta, não aproveitará a noite por lá, que é incrível!

Portanto, recomendo ficar pelo menos 3 dias inteiros em Pipa para conhecer esse lugarzinho lindo e acolhedor!

Dica: veja aqui quanto custa ir para Natal antes de viajar

Dicas de Natal: bate e volta para Pipa

Praia a caminho para Pipa em que tem parada para banho. Paula Rocha

Qual a melhor região para ficar em Natal? – uma das dicas importantes de Natal

O melhor bairro para se hospedar em Natal é Ponta Negra, pois além de ser onde tem uma das praias mais bonitas de Natal, é a região mais estruturada da cidade, com muitas opções de bares, restaurantes e entretenimento de dia e de noite.

Logo, também é a área em que há mais opções de hospedagens, e a maioria pé na areia.

Aliás, recomendo muito você dar uma olhadinha no post Onde ficar em Natal; todos os bairros e regiões estão explicados lá: partes mais baratas, luxuosas, mais estruturadas, mais calmas, agitadas e mais.

Coral Plaza Apart Hotel - RN

Onde fiquei em Natal: Coral Plaza Apart Hotel, em Ponta Negra. Paula Rocha

Quais os melhores passeios de Natal?

A cidade de Natal é muito rica em cultura e turismo, com muitas coisas a conhecer e fazer, mas não podemos deixar seus arredores de lado, certo? Afinal, as cidades próximas também oferecem passeios incríveis, e muitos estão incluídos nos roteiros de Natal.

Mas caso não esteja, não pense duas vezes antes de ir por conta própria, porque vale muito a pena.

Sendo assim, confira os melhores lugares nos arredores de Natal que você deve conhecer.

  • Pipa: está no município de Tibau do Sul, a 75 km de Natal e conta com praias únicas
  • A praia e os Parrachos de Maracajú, no município de Maxaranguape, a 65 km de Natal
  • A praia e os Parrachos do Rio de Fogo, no município de Rio do Fogo, a 85 km de Natal
  • São Miguel do Gostoso, localizado a 115 km de Natal e lar do segundo maior farol da América Latina e de ótimas praias para ver o pôr do sol

Além desses destinos, indico também Recife e João Pessoa, que são bem próximos de Natal e podem entrar no seu roteiro quando estiver saindo do Rio Grande do Norte.

Não deixe de conferir: O que fazer em Natal

Melhores passeios de Natal: Maracajaú

Dicas de Natal: Passeios para fazer em poucos dias

Eu diria que todos! hehe

Porém, infelizmente, para a maioria das pessoas o tempo na cidade é bem limitado, sendo necessário escolher apenas alguns dos passeios.

Por isso, para quem tem os dias contados em Natal, recomendo dar preferência para fazer o tradicional passeio de buggy no Litoral Norte e Litoral Sul, porque assim dá para conhecer (mesmo que rapidamente) os melhores pontos de Natal.

Veja também: Onde comer em Natal

Passeio de buggy no Litoral Norte

No Litoral Norte, você conhecerá as famosas Dunas de Genipabu, escolhendo descer com ou sem emoção. Ou seja: caminhando ou escorregando hahaha

Também é aqui que tem a Praia da Redinha, parada para banhos em rios e as dunas de Pitangui e Jacomã.

Este passeio tem duração de 6 horas. Confira os preços para até quatro pessoas:

  • R$450 + R$50 de taxas em dinheiro vivo (espécie)
  • R$490 + R$50 de taxas em cartão

Passeio de buggy no Litoral Sul

O passeio de buggy pelo Litoral Sul inclui parada no maior cajueiro do mundo, então para quem gosta de caju, já ganhou o dia!

Além disso, o Litoral Sul inclui Pipa, então já marque aí um destino próximo de Natal que você irá conhecer. Ah, e também não podemos esquecer da praia do Cotovelo, uma parada calma, tranquila e vazia, ótima para banho!

Em média, este passeio dura 6 horas sob o custo de aproximadamente R$400 para até quatro pessoas.

Dunas de Genipabu

Dunas de Genipabu. Paula Rocha

Dicas úteis de Natal: Roteiro de 5 dias em Natal

Mencionei lá em cima, mas reforço: recomendo ficar 4 a 5 dias inteiros em Natal para aproveitar tudo o que Natal tem a oferecer.

E para te ajudar a decidir o que fazer em cada dia, confira um roteiro de 5 dias em Natal:

  • Primeiro dia: Passeio Buggy Litoral Norte
  • Segundo dia: Passeio Buggy Litoral Sul
  • Terceiro dia: Piscinas Naturais de Maracajaú
  • Quarto dia: Praia de Ponta Negra e Morro do Careca
  • Quinto dia: São Miguel do Gostoso
Roteiro de 5 dias em Natal

Mergulho nos Parrachos de Maracajaú. Paula Rocha

Então, essas são as dicas de Natal do Mala Rosa para te ajudar a conhecer mais e melhor esse lugarzinho lindo!

Espero que saia apaixonado do Rio Grande do Norte e volte aqui para me contar o que achou de lá. Até a próxima, viajantes!

Não deixe de conhecer as melhores praias do Nordeste Brasileiro

Envie um comentário