Menu

Praia do Patacho: saiba o que fazer, onde ficar e dicas

9 de abril de 2020

Pensa num lugar lindo, paradisíaco, com um  mar calmo de águas esverdeadas e cristalinas. A Praia do Patacho pode ser o cenário de muitas aventuras com o amor, ou seus amigos e família

A Praia do Patacho, em Porto de Pedras é um verdadeiro paraíso para relaxar e curtir suas férias.   Este belíssimo lugar fica localizado em Porto de Pedras e chama cada vez mais a atenção dos turistas pela beleza natural de seus lindos coqueiros e as belas piscinas naturais.

Porto de Pedras é um gracioso município que atrai por suas belezas naturais e a cultura do seu povo. Além disso,  o ponto de encontro entre o Rio Manguaba e o mar formam uma paisagem rica em manguezais e coqueirais. O lugar ideal para quem gosta de aventuras ao mar ou apenas de um lugar tranquilo para relaxar.

Para saber onde fica este paraíso escondido no litoral alagoano, continue conosco nos tópicos a seguir.

Praia do Patacho: Onde fica?

A Praia do Patacho fica no município de Porto de Pedras, no norte de Maceió, a aproximadamente 124 km distância da capital alagaona e bem próxima de Recife (Pernambuco). Localizada mais especificamente em um trecho conhecido como Rota Ecológica de Alagoas, entre a Barra do Camaragibe e Porto de Pedras.

Para chegar lá, vindo de outras regiões do Brasil, as melhores conexões são os aeroportos de Maceió (AL) ou Recife (PE). Depois, é preciso escolher qual o melhor transporte terrestre  para chegar até a cidade de Porto de Pedras, onde fica a Praia do Patacho.

Partindo dos aeroportos principais das capitais próximas, poderá chegar até lá usando táxis, ônibus ou fazendo o translado com empresas de turismo.

Para quem prefere praticidade e liberdade, a melhor opção é alugar um carro. Compare os preços aqui.

Praia do Patacho - praia do patacho

Fonte: rvcroffi

Praia do Patacho: Como chegar?

Para quem deseja chegar à praia do Patacho indo de Recife, deve pegar a PE-060 até a cidade de Maragogi.

A cidade de Maragogi faz divisa com o estado de Pernambuco, o que facilita a chegada à Praia do Patacho.

Após seguir nessa direção, o melhor acesso é pela AL-101 Norte seguindo em direção a cidade de Japaratinga. Na cidade de Japaratinga é só atravessar a balsa  pelo Rio Mangaba.

A Balsa irá levar direto até o município de Porto de Pedras. De lá, tudo o que se tem que fazer é seguir as placas que indicam a direção até a Praia do Patacho.

E se você partir do Aeroporto de Maceió, siga pela  rodovia AL 101 até o município de Barra de Santo Antônio.

De barra de Santo Antônio, o melhor acesso é pela cidade de São Luiz do Quitunde na entrada de Flexeiras.

Após seguir as placas que levam direto a Passo do Camaragibe. Atravessando a ponte, deve-se seguir direto a cidade de Barra de Camaragibe.

De Barra de Camaragibe serão apenas mais 10 quilômetros até a beira-mar. Logo que estiver se aproximando da Praia do Patacho será possível visualizar ao longe a belíssima paisagem.

Praia do Patacho - Barra do camaragipe

Fonte: rvcroffi

Rota ecológica até a Praia do Patacho

Os transfers são uma ótimas opões para chegar até Porto de Pedras e a Praia do Patacho e ainda visitar lugares turísticos da região. Geralmente o pacote custa em torno de R$250,00 por carro.

Outra opção é ir com carros compartilhados que saem do Posto Marazul, na AL 101 Norte, na saída de Maceió. O valor para os carros compartilhados é de aproximadamente R$ 25,00 por pessoa, mas você será deixado na porta da pousada onde deseja ficar.

A Rota Ecológica, na verdade é um atalho litorâneo do principal corredor rodoviário entre Maceió e Maragogi. Para quem vem do sul, a entrada fica em São Luís do Quitunde, depois de uma usina.  Já quem vem do norte, o acesso é por Japaratinga, 10 km ao sul de Maragogi.

Entre  Porto de Pedras e Japaratinga, também será necessário fazer a travessia do Rio Manguaba pela balsa.

Como chegar na Praia do Patacho saindo de Maceió

Para quem vem do Aeroporto de Maceió, logo na saída  vire à direita, rumo à BR 101 (direção oposta ao centro de Maceió).

Depois siga sempre sentido Recife. Passando a cidade de Messias, siga pela saída Flexeiras.

Siga por este caminho até São Luís do Quitunde. Depois, vire a esquerda, e logo depois da usina entre na estrada que leva a Barra de Camaragibe, São São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras.

Se preferir não pegar a balsa, siga por Japaratinga, continuando na estrada principal sentido Maragogi.

Seguindo por Flexeiras precisará fazer 105 km até a Barra de Camaragibe, 111 km até São Miguel dos Milagres, 127 km até Porto de Pedras e 134 km até Japaratinga (via Porto Calvo).

Para quem for viajar à noite, não é recomendado seguir pela estrada de Flexeiras. Sendo assim, logo na saída do aeroporto pegue a esquerda em direção ao centro e na rotatória siga pela Via Expressa (av. Menino Marcelo).

Quando chegar à AL 101 Norte, vire à esquerda (direção norte). A estrada vai pelo litoral até Barra de Santo Antônio, passa por São Luís do Quitunde, e segue pela entrada para a rota que é logo depois de uma usina.

Pelo litoral são 128 km de Porto de Pedras e 135 km a Japaratinga (via Porto Calvo).

Como chegar na Praia do Patacho saindo do Recife

O melhor caminho para quem vem do Recife é pegar a estrada nova para Porto de Galinhas. No trevo de Nossa Senhora do Ó você volta 9 km até a PE 060, vira à esquerda e segue reto toda vida. Entre na Rota por Japaratinga. Se o seu destino for Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres ou Barra de Camaragibe, vai precisar pegar a balsa (R$ 10 por carro).

Do aeroporto do Recife são 154 km até Porto de Pedras (via balsa), 161 km a São Miguel dos Milagres (via balsa) e 166 km a Barra de Camaragibe (via balsa).

Onde ficar na Praia do Patacho

Bem perto da praia você vai encontrar pousadas, hotéis e até mesmo grandes resorts, para quem gosta de boas piscinas e conforto.

Apesar de manter a calma e a segurança típica de cidades pequenas, Porto de Pedras possui acomodações para todos os gostos e preços adequados a quaisquer perfis.

Em geral, as pousadas são mais rústicas e simples, porém, se quiser bastante estrutura, basta procurar hotéis maiores.

O que é bem bacana na região, é que a maioria dos hotéis e pousadas ficam próximos ao mar. Assim, é possível contemplar a paisagem mesmo nos momentos de descanso ou logo ao amanhecer.

Pousadas e hotéis

Quem prefere uma boa pousada estilo pé na areia, poderá se hospedar na Vila de Taipa Exclusive Hotel, R$360, que fica a 7km da praia do Patacho, na Praia das Barreiras do Boqueirão. Esta pousada é classificada pelo Booking.com como a melhor opção custo-benefício da região.

Entretanto, para chegar até a Praia do Patacho, precisará de um meio de transporte. Ou, se preferir, faça uma boa caminhada pela praia.

Para quem  não abre mão de certos confortos, mas quer ficar mesmo bem próximo a Praia do Patacho, as opções são: Pousada Reserva do Patacho, R$650, que tem uma piscina linda no quarto, a Quinta do Patacho R$235, com um excelente atendimento, café e um ótimo custo benefício, a Pousada Pedras do Patacho, R$1200, para quem procura luxo e exclusividade ou ainda Pousada Sunshine R$240 com opções de restaurante, bar e lounge. Todas estas pousadas ficam bem perto da Praia do Patacho.

E ainda se você prefere o conforto dos resorts, a melhor opção é o Japaratinga Lounge Resort, R$900, que é considerado o segundo melhor custo benefício entre 788 estabelecimentos da região, cadastrados no TripAdvisor. Também está entre os melhores avaliados e mais vendidos. Entretanto, fica um pouco mais distante da Praia do Patacho, a 14,3 km.

Onde ficar na Praia do Patacho

Pousada Reserva do Patacho. Foto Booking

Praia do Patacho: O que fazer?

A Praia do Patacho é um lugar esplêndido e se você vem de Maceió, certamente precisará cruzar a Rota Ecológica até chegar à praia. A diversão já começa aí, ao passar por Paripueira, Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres.

Em seguida, terá que cruzar o Rio Manguaba de balsa para chegar a Porto de Pedras. Este pequeno trajeto já será um passeio e uma boa oportunidade para conhecer um pouco da paisagem da região.

Ao chegar a Porto de Pedras, encontrará uma cidade pacata, um povo humilde e hospitaleiro e já poderá aproveitar a bela vista do Rio Manguaba. Além de várias opções de lazer e diversão.

Conhecer o Farol de Porto de Pedras

Além disso, vale  a pena subir até o Farol de Porto de Pedras, onde o mirante permite ver algumas praias da região. De lá, também é possível ver o lindo encontro do Rio Manguaba com o Oceando, formando contrastes belíssimos e uma paisagem incrível.

Afinal, o Farol inaugurado em 1933, possui 90 metros de altura e guarda muitas histórias locais que são contadas pelos moradores e o vigilante do farol.

Visitar a Vila Tatuamunha

Para quem visita a Praia do Patacho, deve reservar um tempo para ir até a vila de Tatuamunha que fica próxima à foz de um rio, pois lá é o ponto de observação dos peixes-boi que circulam pela região.

O gracioso vilarejo é banhado pelo Rio Tatuamunha que possui margens esverdeadas e tem sua foz na Costa dos Corais.

Para ver bem de perto os peixes-boi, faça um tour com a Associação Peixe Boi que faz passeios de jangada guiados até o local.

Apreciar o Centro de Porto de Pedras

As casas centenárias colorem o centrinho e são observadas logo na chegada. São aquelas casinhas típicas e bem coloridas que dão ao lugar um aspecto rústico e belo.

A charmosa pracinha do vilarejo, a igreja e um largo repleto de casinhas coloridas o centro de Porto de Pedras é o cenário perfeito para fotos de recordação.

O toque rústico de Porto de Pedras e suas vilas próximas fazem da região um ponto estratégico para quem esta desbravando a costa dos corais

Quem pretende ir às compras e levar para casa aquela lembrancinha especial com a cara de Porto de Pedras, vá até o Espaço das Artes. É  uma loja onde se pode encontrar o melhor da arte do artesanato alagoano.

Peixe boi Praia do Patacho

Enrico Marcovaldi certamente a foto mais linda do Peixe boi

Relaxar na Praia do Patacho

Aproveite a ocasião para fazer passeios a cavalo ou de barco rumo às piscinas naturais protegidas pelos arrecifes, ou até mesmo passeios de buggy para explorar a beleza das paisagens intocadas pelo homem.

E é certo que a maior atração da região é justamente a Praia do Patacho. Considerada uma das praias mais perfeitas da região com suas águas cristalinas e esverdeadas, recifes e muitos coqueiros.

Logo na vizinhança, está a Praia da Lage, um lugar calmo para descansar, onde poderá ir caminhando da Praia do Patacho.

As águas são bem quentinhas e azuis, com uma paisagem exótica, ideais para descansar e relaxar à beira mar.

E se bater aquela fome, lá você encontrará barraquinhas, vendedores ambulantes e até restaurantes pelos arredores.

Praia do Patacho fotos

Praia do Patacho. Foto Paula Rocha

Outras praias além da Praia do Patacho

Além de visitar os lugares mais próximos à Praia do Patacho, se você tiver um tempo extra, aproveite para conhecer: Japaratinga, Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres. Estas cidades abrigam muitas belíssimas praias.

Entre elas, podemos citar a Praia do Toque, em São Miguel e a do Marceneiro, em Camaragibe. Aproveita também para fazer passeios de jangada rumo às piscinas naturais.

Mas, vale lembrar que estes passeios são bem concorridos, então é preciso agendar.

Em Japaratinga, visite os mirantes e aproveite para curtir a vista da balsa na travessia do Rio Manguaba.

Recomendo a leitura do post as 10 Melhores praias de Alagoas

Falésias do gunga Alagoas

Praia do Patacho: Onde comer?

Apesar de ser um município pequeno, o turismo impulsiona a região e há diversos restaurantes e bares onde comer e bem próximos à Praia do Patacho.

Considerado o número 1 entre os restaurantes de Porto de Pedras, segundo a classificação do site TripAdvisor, está o Restaurante Ninanoa. Além de ser um dos mais bem avaliados pelos clientes, o restaurante serve comida típica brasileira e espanhola.

Para quem ama a boa comida brasileira com o tempero alagoano e pratos típicos com frutos do mar, as opções são: Patacho, Restaurante Pousada Xuê,Amor Restaurante e Cokoloco que além da comida, serve alguns drinks.

Dicas da Praia do Patacho

  • Embora o litoral o Alagoas seja contemplado pelo sol durante o ano todo, é melhor evitar o mês de junho, pois é o mês de férias de algumas pousadas da região. O verão certamente é a melhor época para curtir a Praia do Patacho. Segundo moradores da região, os meses de maio a agostos são bem chuvosos, sendo o mês de junho o mais chuvoso, algumas pousadas até entram em férias coletivas.
  • Antes de arrumar as malas e partir, verifique o calendário lunar, pois a Lua possui grande influência sobre a maré e as belas paisagens do lugar. Nas fases cheia e nova, por exemplo, a Lua aparece horizonte. É um verdadeiro espetáculo ficar na areia para observá-la nascer no horizonte sobre o mar. Além disso, a fase da Lua cheia também reduz a faixa de areia das praias por causa das ondas mais fortes e muito mais movimento. Portanto,  o período ideal para quem busca surfar, mas para quem prefere as piscinas naturais e as águas calmas melhor evitar esta fase.
  • A melhor operadora de celular para utilizar na região é a Claro.
  • O lugar é bem distante de grandes torres de operadoras, por isso leve sempre dinheiro em espécie, pois as máquinas de cartão costumam ficar sem sinal na alta temporada e não há caixas eletrônicos nas proximidades.
  • Consulte sempre a classificação dos estabelecimentos, empresas de translado turístico ou de aluguel de veículos antes de contratar serviços online, pois assim evitará transtornos futuros.
  • Quando a maré está baixa, o mar fica perfeito para um passeio de caiaque até as piscinas naturais. Certamente imperdível!!
  • Não deixe de fazer uma foto nos coqueiros do Patacho, me lembrou muito os coqueiros avistados no Mirante do Gunga. Lindossss!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go top