Top

Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins: qual a melhor opção?

Um dos destinos brasileiros mais procurados pelos viajantes é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, lar de uma infinidade de dunas e lagoas límpidas e azuladas. E olha, é um dos lugares mais lindos que já conheci! Aliás, o que tem de lindo, tem de grande, pois os Lençóis Maranhenses têm área de 155 mil km²! Então, temos mais de cem mil quilômetros para conhecer e aproveitar! Assim, por conta de sua vasta extensão, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses conta com três portas de entrada: Santo Amaro, Barreirinhas e Atins.

Os Lençóis Maranhenses fazem parte da Rota das Emoções. Conheça todos os seus passeios clicando aqui.

Os Lençóis Maranhenses estão no estado do Maranhão, sendo a viagem de avião até o Aeroporto de São Luís a maneira mais rentável e prática de chegar até eles.

Embora São Luís, capital do Maranhão, não seja a porta de entrada para os Lençóis, é a cidade que dá acesso para Santo Amaro, Barreirinhas e Atins, as entradas oficiais dos Lençóis Maranhenses. E por esses três municípios não possuírem aeroportos, São Luís acabou se tornando a primeira parada do trajeto até o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Conheça São Luís do Maranhão.

Logo, se você colocar “Lençóis Maranhenses” no GPS, irão aparecer várias rotas, e todas levando para Santo Amaro, Barreirinhas e Atins.

Mas Mala Rosa, em qual dessas três cidades ficar?

Para te ajudar a sanar esta dúvida, confira neste post tudo o que você precisa saber sobre Santo Amaro, Barreirinhas e Atins para não errar na hora de escolher. E aí, vamos lá?

Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins: qual a melhor?

Uma vez que os Lençóis Maranhenses formam uma grande atração turística, sua área não é residencial, ou seja, não tem onde ficar ao longo do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. No entanto, há três cidades que estão ao redor dos Lençóis, servindo como portas de entrada para o lugar, garantindo hospedagem e agências de turismo com rotas de passeios incríveis, o que certamente contribui para uma boa viagem.

Devido à oferta de três municípios, sendo eles Santo Amaro, Barreirinhas e Atins, surgem algumas dúvidas, como: onde ficar? Qual oferece mais pessoas? Quais as diferenças entre elas? Qual é a mais próxima dos Lençóis Maranhenses?

Portanto, para acabar de vez com essa confusão, conheça logo abaixo cada uma das três cidades, com suas diferenças e singularidades.

Saiba qual a melhor época para ir aos Lençóis Maranhenses!

Santo Amaro Barreirinhas ou Atins: Santo Amaro.

Pôr do sol em Santo Amaro, a cidade que dá acesso aos passeios mais bonitos. Paula Rocha

Santo Amaro

Santo Amaro é a cidade mais próxima dos Lençóis Maranhenses, e a que dá acesso aos passeios mais bonitos, embora sua infraestrutura não seja a de uma grande metrópole. Isto é: apesar de ser bastante procurada, Santo Amaro é um lugar pequeno e simples, considerado até mesmo “pacato” por muitos visitantes.

No entanto, não se engane: Santo Amaro tem tudo o que é necessário para uma boa viagem! Nela, você encontrará ótimas hospedagens e bons restaurantes, sendo a única diferença para Barreirinhas, por exemplo, o número de opções de onde ficar e onde comer. Porém, a qualidade dos serviços é bem alta!

Santo Amaro possui cerca de 16 mil habitantes e começou a ser conhecida como destino para os Lençóis Maranhenses há pouco mais de três anos. Por causa disso, as opções “limitadas” de hospedagens e restaurantes são bem coerentes. Por outro lado, o pouco tempo de “cidade turística” de Santo Amaro não influencia em nada na realização de passeios e organização.

O centro da cidade é um ambiente bem familiar: tem parquinho infantil, igreja, vários quiosques, restaurantes de comida caseira e lanchonetes. Mas a maioria dos estabelecimentos fecham às 21h30, no máximo, o que complica um pouco se você for uma pessoa noturna. No entanto, isso não interfere tanto na sua estadia por lá, já que Santo Amaro continua sendo uma cidade linda e super aconchegante!

Não deixe de conferir o post completo sobre Santo Amaro.

Barreirinhas

Embora Barreirinhas seja uma cidade pequena, com pouco mais de 60 mil habitantes, é a maior entre as três que estão próximas ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. É também o município com maior infraestrutura, ou seja, o que tem mais opções de hospedagem, restaurantes, bancos, praças e tudo o que é necessário para atender ao turismo local.

Logo, pela diversidade de opções, as chances de encontrar muitos locais bons e baratos são enormes, o que é ótimo para fazer uma viagem maravilhosa e gastar pouco!

Por isso, a cidade acabou se tornando a mais procurada e, consequentemente, a mais movimentada. Então, se você gosta de cidades grandes e agitadas, do tipo que nunca dorme, Barreirinhas é o seu lugar!

Além disso, a maioria dos estabelecimentos fecham às 00h, garantindo entretenimento a noite inteiro após um dia nos Lençóis Maranhenses.

Ah, outro diferencial do lugar é o sinal de telefone! Em Santo Amaro e Atins, o sinal é extremamente ruim, sendo preciso recorrer ao Wi-Fi das pousadas. Já em Barreirinhas, é totalmente ao contrário! Até nas dunas é possível navegar tranquilamente pela internet e fazer ligações. Mas o que é internet perto do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, né?

Dica: Barreirinhas é o ponto de partida dos dois passeios mais conhecidos dos Lençóis Maranhenses, o circuito Lagoa Bonita e o circuito Lagoa Azul. Então, se você está com eles no seu roteiro, opte por ficar em Barreirinhas.

Santo Amaro Barreirinhas ou Atins: estrutura de Barreirinhas

Esta é a Vila 31, uma praça cheia de restaurantes com os mais variados cardápios. Paula Rocha

Atins

Atins é um vilarejo de pescadores perto dos Lençóis Maranhenses. Por ter apenas 1.500 habitantes, é a menor dentre as três cidades que dão acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Outra característica da cidade é sua infraestrutura. Dado que as estradas não são asfaltadas, o sinal telefônico não funciona bem e não possui muitas opções de onde comer, você talvez estranhe se estiver ficado um tempo em Barreirinhas, ou até mesmo Santo Amaro.

Assim como é difícil encontrar restaurantes na região, a diversidade de hospedagem também é limitada, ainda mais que Santo Amaro. No entanto, as opções são ótimas! A maioria tem vista para o mar ou levam até ele, proporcionando uma vibe paradisíaca bem gostosinha.

Apesar desses pontos relativamente negativos, não se engane: Atins é uma cidade que tem total contato com a natureza e é extremamente linda! Se você quer sossego e som do mar, Atins é o lugar! Além disso, é o local ideal para praticar Kitesurf, um esporte bem procurado no Maranhão, principalmente no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, que também dispõe de mares, como o Mar de Atins.

Conheça Parnaíba Piauí, uma cidadezinha linda com muitos mares e parte da Rota das Emoções.

Como chegar em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins

A viagem de avião até o Aeroporto Internacional de São Luís é a maneira mais rentável e prática de chegar até os Lençóis Maranhenses. Isso porque as cidades que dão acesso a ele (Santo Amaro, Barreirinhas e Atins) não possuem aeroporto, sendo necessário pousar na capital do Maranhão e então seguir caminho para as entradas dos Lençóis Maranhenses.

Então, teremos como ponto de partida São Luís, certo?

A forma mais utilizada para se chegar ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é por Barreirinhas, uma vez que é a maior cidade entre as três e a com melhor infraestrutura. Logo, as estradas são majoritariamente asfaltadas e as rotas são mais fáceis. O trajeto, por sua vez, pode ser feito de transfer ou ônibus, durando cerca de 3h30.

Por outro lado, caso opte por Santo Amaro, que é a cidade mais próxima dos Lençóis Maranhenses, o caminho é um pouco mais complicado, já que não tem uma estrada que leve direto ao centro. Portanto, é preciso fazer meio caminho de van, e depois atravessar um rio numa jardineira ou 4×4. O que não é um problema, já que vira praticamente um passeio! hahaha

Agora, no caso de Atins, o percurso é realmente difícil, uma vez que é preciso ir primeiro para Barreirinhas ou Atins, e então pegar outro transporte até o vilarejo, sendo barco ou 4×4.

Não aconselho o aluguel de carro para ir até Santo Amaro, Barreirinhas e Atins, pois ele ficará parado por muito tempo, já que somente carros credenciados entram nos Lençóis Maranhenses. Além disso, ficaria estacionado no local da troca de veículos na travessia do rio.

Confira o post completo: Como chegar aos Lençóis Maranhenses, com dicas e preços.

Como chegar em Barreirinhas: van saindo de Santo Amaro.

Carro que sai de Santo Amaro e leva os visitantes para Barreirinhas. Paula Rocha

Onde ficar em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins

Para conhecer os Lençóis Maranhenses, é preciso se hospedar em alguma das cidades próximas, ou seja, em suas cidades de entrada: Santo Amaro, Barreirinhas e Atins. Aconselho a não ficar em somente uma, buscando conhecer as três para fazer mais passeios e conhecer novos lugares. Por isso, para que você não passe perrengue em sua viagem ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, veja onde ficar por lá logo abaixo.

Aproveite e conheça Jericoacoara, parte da Rota das Emoções

Onde ficar em Santo Amaro

Se você está viajando em grupo, e um grupo formado por amantes da natureza, recomendo a Pousada Rancho das Dunas, uma das lindas da cidade! Todo o seu entorno é verde, tendo até riachos pequenos por dentro! É um agrado aos olhos e um excelente lugar para descansar.

Por outro lado, se você está indo em casal e quer pagar um preço menor, mas sem perder o conforto, vá à Pousada Bellas Águas, um lugar bem familiar e com uma ótima estrutura.

Agora, se você quer conhecer o Rio Alegre, um ponto turístico famoso de Santo Amaro, aconselho a Ciamat Camp, que tem vista para ele e oferece diversas atividades ao ar livre.

Veja aqui mais opções de onde ficar em Santo Amaro.

Onde ficar em Barreirinhas

Em Barreirinhas, a melhor opção é a Pousada do Riacho, um lugar super aconchegante, familiar, bem estruturado e com muito verde. Além disso, o preço é extremamente acessível! Seja para grupos, duplas ou diárias individuais.

Mas se você estiver dispondo a pagar um pouquinho mais (bem pouquinho mesmo!) e ficar no centro da cidade, procure a Pousada do Rio.

Agora, se o orçamento está pouco e está querendo economizar na viagem, recomendo o Z-18 Hostel.

Veja aqui mais opções de onde ficar em Barreirinhas.

Onde ficar em Atins

Atins é a cidade do mar! Então, nada mais justo do que se hospedar em uma pousada paradisíaca e à beira mar, certo? Para isso, recomendo a Pousada Santa María Atins.

Por outro lado, se você ainda quer ficar perto do mar, mas também próximo da cidade em si, aconselho o Convento Arcádia, com uma das melhores decorações que já vi no Maranhão. A rusticidade é linda!

Ah, a Pousada Santa María Atins e o Convento Arcádia têm um preço elevado por conta de sua proximidade com o mar e pela cidade ser pequena, então, se os preços não caberem no seu bolso, opte pelo Velho Bateau, uma opção com preço bacana e com quartos muito confortáveis.

Veja aqui mais opções de onde ficar em Atins.

Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins.

Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins: o que fazer

Uma vez que Santo Amaro, Barreirinhas e Atins são as portas de entrada para os Lençóis Maranhenses, as maiores e melhores atrações estão dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, como as diversas lagoas entre as dunas.

Mas, apesar de serem lagoas, elas são bem diferentes, começando pelo trajeto! A cor da água também muda bastante, assim como a profundidade e tamanho. Ou seja, uma visita a uma lagoa é totalmente diferente da outra, tornando o passeio ainda mais incrível!

Assim, como são três cidades diferentes, as dunas e lagoas são também diferentes, bem como a diversidade de o que fazer em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins. Portanto, confira logo abaixo o que se pode fazer em cada uma, aproveitando ao máximo da sua viagem aos Lençóis Maranhenses!

O que fazer em Santo Amaro

  • Lagoa da Gaivota

A Lagoa da Gaivota é uma das mais conhecidas de Santo Amaro, pois foi nela que ocorreu a gravação do filme “Casa de Areia”. A Lagoa da Gaivota é enorme, com águas cristalinas e vista para um pôr do sol lindo!

Seu acesso é fácil, sendo possível ir a pé. Porém, as agências de turismo optam por fazer o trajeto em 4×4, a fim de dar mais conforto e segurança para os visitantes.

O circuito tem duração de 3 horas, com valor de R$70.

  • Lagoa Betânia
Parnaíba PiauíVeja tambémParnaíba Piauí

Uma das lagoas mais famosas é a Lagoa Betânia, na qual o guia leva os visitantes em veículo 4×4 para o povoado de Betânia, pertinho de Santo Amaro. Já lá, o roteiro de passeio começa: você passa pela Lagoa Betânia, que é a mais bonita e a maior de todas, a Lagoa Junco, Lagoa Bela, Lagoa do Amor e Lagoa da Passarela. Todas são bem próximas, então carece de pouquíssima caminhada.

Para este passeio, você escolhe a duração: até 6 horas, o valor é de R$70, dia inteiro, R$80.

  • Rio Alegre

O Rio Alegre é o rio que rodeia Santo Amaro, garantindo um mergulho refrescante a qualquer hora do dia! Isso porque há vários lugares da cidade que deixam as margens livres, permitindo a visitação.

Além disso, a maioria das pousadas de Santo Amaro tem vista para ele, fazendo até mesmo trilhas internas que levam à suas aberturas. Bem legal, né? Assim, é possível descansar à beira da praia, literalmente!

Em pontos mais afastados, moradores locais costumam pescar, ofertando os barcos de pesca com um preço bacana para os visitantes, que descem o rio e voltam com alguns peixinhos.

O Rio Alegre oferece uma paisagem linda, ótima para ser apreciada no fim de tarde.

Santo Amaro Barreirinhas Atins: o que fazer em Santo Amaro

Lagoa Betânia.. Paula Rocha

O que fazer em Barreirinhas

  • Lagoa Bonita

O circuito Lagoa Bonita é literalmente o mais bonito de Barreirinhas! Embora a subida de seu acesso seja bem íngreme, vale a pena conhecer! Uma vez lá em cima, prepare seus olhos, porque você verá os Lençóis Maranhenses como nunca: diversas lagoas, dos mais diferentes tamanhos, ao seu alcance. Uma bem famosa é a Lagoa do Clone, onde foi gravada a novela “O Clone”. 

O trajeto é feito inicialmente por 4×4, sendo preciso cruzar o Rio Preguiça de balsa em seguida, o que dura aproximadamente 1h20. E enfim, a subida de 70 metros.

Este passeio tem duração de meio dia e custa R$70 por pessoa.Circuito Lagoa Bonita

  • Lagoa Azul

A Lagoa Azul é uma parada bastante famosa em Barreirinhas. Primeiro, é preciso encarar 12 km de estrada de terra. Em seguida, subir em um 4×4 e passar por 2 km de dunas. E então, se inicia o trajeto até a Lagoa Bonita, o que inclui cerca de cinco lagoas. Vale lembrar que o número pode mudar de acordo com as situações das lagoas, uma vez que o cenário muda toda semana, abrindo portas para paisagens lindas.

O passeio tem duração de 6h e custa R$70 por pessoa.

  • Rio Preguiça

Se Santo Amaro tem o Rio Alegre, Barreirinhas tem o Rio Preguiça!

O Rio Preguiça é bastante famoso pelos seus passeios, que literalmente são feitos para curtir aquela preguicinha boa. Você pode navegar de balsa, lancha ou até mesmo um barco comum e pequeno, para poucas pessoas, caso esteja em dupla. É uma atração para relaxar.

Não deixe de conferir o post completo sobre o que fazer em Barreirinhas.

Santo Amaro Barreirinhas ou Atins: o que fazer em Barreirinhas

Barcos para passeio no Rio Preguiça. Paula Rocha

O que fazer em Atins

  • Lagoa Tropical

A Lagoa Tropical está bem distante do povoado de Atins, sendo preciso chegar até ela de veículo 4×4. Porém, a água compensa totalmente a distância: cristalina e com ótima temperatura! Aliás, a área da Lagoa Tropical é enorme e você talvez nem queira sair dela para conhecer as outras hahaha

O passeio tem duração de meio dia e custa R$80 por pessoa.

  • Lagoa das Sete Mulheres

A Lagoa das Sete Mulheres é a opção ideal para quem quer um lugar pouco movimentado, pois geralmente ela tem um fluxo baixo de turistas, apesar de linda. Isso se dá devido à caminhada necessária para chegar até ela, que é de uma hora. No entanto, caso prefira, pode fazer o percurso de 4×4, o que diminui o tempo para vinte minutos.

Este passeio tem duração de meio dia e dia inteiro, com preços de R$50 e R$70 por pessoa, respectivamente.

  • Praticar Kitesurf

Além das lindas lagoas e dunas incríveis, um grande atrativo de Atins é o Kitesurf! O Kitesurf é perfeito em lugares nos quais o vento é forte, e em Atins os ventos conseguem chegar a até 30km/h! É a pedida perfeita!

A ventania começa a tomar forma em junho e julho, mas ficam realmente fortes entre setembro e novembro, sendo a melhor época para praticar Kitesurf em Atins. Por outro lado, caso queira fazer o esporte, mas de uma maneira mais calma, ou realmente aprender, junho e agosto são ótimos meses para isso, já que o turismo não é tão alto, garantindo as reservas.

Conheça outro ponto de Kitesurf: Praia do Coqueiro.

Todos esses passeios também são possíveis de visitar saindo de Barreirinhas, mas saindo de Atins é bem mais rápido.O que fazer em Atins.

Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins: a melhor cidade

Então, Mala Rosa: Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins? Qual a melhor opção?

Olha, se estiver querendo mais praticidade e melhor infraestrutura, o melhor lugar é Barreirinhas, com certeza! Embora seja bem movimentada.

Agora, se quiser visitar lagoas incríveis e mais tranquilas, o melhor lugar é Santo Amaro.

Mas se quiser um lugar realmente tranquilo, vazio e com uma boa pousada em meio à natureza, o melhor lugar é Atins!

E aí, qual é a sua escolha?

Aproveite que está no Maranhão e conheça o Delta do Parnaíba, parte da Rota das Emoções, no Piauí.

Todos os nossos artigos sobre o Maranhão e Rota das Emoções

Está de viagem marcada ou planeja fazer a Rota das Emoções e viajar para os Lençóis Maranhenses? Então, confira todos os nossos artigos sobre esses destinos para se planejar e viajar melhor:

  1. Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
  2. Onde ficar nos Lençóis Maranhenses
  3. Como chegar aos Lençóis Maranhenses
  4. Quando ir aos Lençóis Maranhenses
  5. Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins?
  6. O que fazer em Barreirinhas
  7. O que fazer em Santo Amaro do Maranhão
  8. São Luís do Maranhão
  9. Onde ficar em Jericoacoara
  10. Como chegar em Jericoacoara
  11. O que fazer em Jericoacoara
  12. Praias de Jericoacoara
  13. Onde comer em Jericoacoara
  14. Parnaíba Piauí
  15. Delta do Parnaíba
  16. Praia do Coqueiro
  17. Lagoa do Portinho

Envie um comentário