Top

Quanto custa viajar para Curitiba

Jardim Botânico em Curitiba

Buscando saber quanto custa viajar para Curitiba? Continua lendo e confira. Conhecida como cidade verde, ou cidade mais ecológica do Brasil, Curitiba certamente é um destino ideal para quem gosta de contato com a natureza e arquitetura. Essa cidade foi completamente planejada e seus bairros refletem todo o cuidado de sua estrutura.

A cada cantinho, você avistará uma rua elegante, prédios históricos perfeitamente conservados, muitas áreas verdes, parques bem como bosques, praças e pontos turísticos. Além disso, tudo é de fácil acesso, pegando uma das linhas de ônibus que são muito acessíveis.

A gastronomia é um espetáculo à parte. Há muitos restaurantes especializados nos pratos típicos, no entanto também existem muitas opções renomadas de alta gastronomia e que oferecem culinária internacional.

Fique conosco e saiba quanto custa viajar para Curitiba!

Qual é a melhor época para viajar para Curitiba

Fugir da chuva é missão praticamente impossível em Curitiba – as tempestades são constantes, independente do período do ano. No entanto, mesmo nos períodos de seca, é certo que choverá ao menos em um dia durante a sua estadia.

Portanto, indicamos evitar os períodos de verão e inverno. Na estação mais quente, as chuvas são constantes; já, quando as temperaturas estão mais baixas, os ventos são cortantes, o que atrapalha os passeios ao ar livre.

Sendo assim, escolha os meses de primavera e outono para conhecer Curitiba, pois as temperaturas estão mais estáveis e mesmo esfriando um pouco mais a noite, não será nada que te impedirá de curtir sua viagem.

quanto custa viajar para Curitiba

Descubra todos os gastos e custos para viajar para Curitiba. Foto: Luciana Reis.

Vai alugar carro? Compare os preços no  RENTCARS, é mais barato, não cobra IOF e permite o parcelamento em até 12x! CLIQUE AQUI e economize!

Quantos dias ficar em Curitiba

Essa é uma pergunta bem particular, e vai sempre depender de quais são seus planos e objetivos durante sua viagem para Curitiba. Além disso, como toda grande cidade, há muitos pontos turísticos, locais de interesse e opções gastronômicas para se conhecer.

No entanto, caso as suas férias comporte uma quantidade maior de tempo, sugerimos ficar 8 dias em Curitiba, pois será possível conhecer praticamente todos locais mais legais, e ainda fazer bate e volta para algumas cidades próximas.

Portanto, o período mínimo que indicamos, de estadia, são 4 dias e 4 noites. Portanto, monte um roteiro selecionando os lugares que mais te chamou a atenção, sem deixar de fazer os passeios obrigatórios e degustar os pratos típicos da cidade.

Nunca feche um seguro viagem sem antes saber disso! Poucos sabem, mas existe um COMPARATIVO DE SEGUROS, onde você consegue comparar os valores de cada seguradora, garantindo o melhor e mais barato. Ver Preços

Preços de hospedagem em Curitiba

Toda a cidade de Curitiba é super bem planejada, muito segura e com várias atrações. Com isso, a escolha de onde ficar dependerá exclusivamente de dois fatores: seu estilo de hospedagem preferido e seu orçamento.

Os bairros queridinhos dos clientes são Batel, Centro Histórico, Mercês, Centro Cívico e Santa Felicidade. São áreas centrais, com um ótimo custo x benefício e é onde estão localizados os melhores hotéis.

Portanto, abaixo, segue a média de gastos e preços de diversos tipos de hospedagem nestes bairros.

  • Hostel: R$ 50 (cama em quarto compartilhado);
  • Hotel com bom custo x benefício: R$ 170 a diária
  • 5 estrelas: R$ 640 a diária
  • Hotel no Centro: R$ 200 a diária
  • Apartamentos e Casas de Temporada: R$ 100 a diária

Acesse aqui a lista completa de hotéis em Curitiba.

onde ficar em Curitiba

Hotel 3 estrelas em Curitiba/PR. Foto: Booking.

Gastos com alimentação em Curitiba

Com muitos imigrantes, tanto de outras cidades do Brasil quanto de outros países, a gastronomia em Curitiba é diversa e traz opções para todos os gostos e bolsos. Em suas ruas, você encontrará restaurantes italianos, tailandeses bem como japoneses, portugueses, alemães e muitos outros.

Além disso, você não pode sair da cidade sem experimentar os pratos típicos como carne de onça (que não é feita com o animal mesmo, e sim, é uma forma diferente de servir carne de boi) bem como o pão com bolinho, diversas preparações com pinhão e barreado. As massas também são muito consumidas.

Portanto, de uma forma geral, a média de gastos e de preços para cada uma das refeições é:

  • Café da manhã – entre R$ 13 e R$ 21;
  • Almoço – entre R$ 26 e R$ 39;
  • Jantar – entre R$ 30 e R$ 50.

Por isso, fizemos uma seleção dos top 10 restaurantes em Curitiba que você certamente precisa conhecer! Confira abaixo a nossa lista e inclua, ao menos, alguns deles entre um passeio e outro.

  • Calabouço Restaurante e Pizzaria
  • C’ La Vie Restaurante
  • Restaurante Chalet Suisse
  • Restaurante Durski
  • Lisboa Gastronomia
  • Bobardí
  • HAI YO
  • Família Madalosso
  • Nomade Restaurante
  • La Varenne

Já para comer comidas típicas da região, nossas sugestões são:

  • Carne de Onça – Mercearia Fantinato e Bar do Alemão;
  • Pão com Bolinho – Barbaran e Jabuti;
  • Churrasco – Batel Grill e Churrascaria do Darci;
  • Pão com vina – Hot Dog Benassi e Au-Au.
onde comer em Curitiba

Conheça a alta gastronomia de Curitiba em um dos melhores restaurantes da cidade. Foto: Divulgação do Marcondes Cozinha Autoral.

Aproveite esse tour em território brasileiro e saiba mais sobre onde comer na Chapada das Mesas: melhores restaurantes

Como economizar em restaurantes em Curitiba

A melhor forma para economizar em restaurantes em Curitiba é usando o Prime Gourmet, um aplicativo que funciona no sistema “Pague um, leve dois”.

Eu uso bastante o Prime Gourmet e economizo muito, é uma economia de 50% sempre.

Para usar o Prime, você baixa o aplicativo, escolhe o destino que vai visitar, faz a assinatura e pronto! É só escolher o restaurante (são mais de 50 disponíveis) e fazer o pedido normalmente.

Utilizando o Prime Gourmet, você pede um prato e ganha outro de igual ou menor valor, sem pagar nada a mais por ele, ou seja, só paga o primeiro prato.

Na hora de pagar, você irá escanear pelo Prime um QR Code disponibilizado pelo restaurante, só para confirmar o benefício do “pague um, leve dois”.

A assinatura Prime tem validade de um ano por destino, só não pode repetir o restaurante. E isso é até bom, porque dá para ir a muitos lugares bacanas.

O valor da assinatura varia de acordo com o destino e o app sempre faz promoções, mas é óbvio que seguidor do Mala Rosa tem desconto haha

Utilizando o cupom MALAROSA (tudo junto e maiúsculo), você garante um bom desconto na assinatura em qualquer destino.

No momento, o Prime Gourmet está funcionando em 34 destinos brasileiros, mas todos os anos incluem novos.

Então, já salva essa dica para economizar em Curitiba e baixa o Prime Gourmet!

Informações importantes do Prime Gourmet

  • Cupom de desconto na assinatura: MALAROSA
  • Se você usa Android, clique aqui e baixe o Prime Gourmet pela Play Store
  • Se você usa iOS, clique aqui e baixe o Prime Gourmet pela App Store
  • O cardápio para quem usa o Prime e para quem não usa é o mesmo. A única diferença é: quem usa o Prime paga mais barato.

EXEMPLO DE DESCONTO PRIME GOURMET: Abaixo, coloquei uma foto com o tanto que economizei em Gramado.

Como economizar usando o Prime Gourmet

Total economizado em Gramado usando o Prime Gourmet

Gastos com passeios em Curitiba

Se você está viajando com um grupo com pessoas de idades e estilos diferentes, Curitiba certamente deve ser o seu destino. São muitas opções de passeios, tanto gratuitos quanto pagos, que atendem a todos.

Por isso, fizemos uma seleção especialmente para te ajudar a montar um roteiro bem bacana durante a sua viagem com todos os gastos e preços das atividades. Na dúvida entre qual deles escolher, simplesmente, estenda seus dias em Curitiba e escolha todos!

Passeios Pagos

  • City Tour em Curitiba – R$ 50
  • By Night em Curitiba com jantar – R$ 235
  • Tour à Lapa Histórica com almoço – R$ 280
  • Coffee Bike Tour – R$ 151
  • Rota das Cervejarias – R$ 187
  • Curitidrinks – R$ 200
  • Linha Turismo – R$ 50
  • Serra Verde Express – Trem para Morretes – R$ 135
  • Tour Gastronômico em Curitiba – R$ 259
  • Tour Curitidoce – R$ 95
  • Parque Estadual Vila Velha – R$ 54

Passeios Gratuitos

  • Café do Viajante (paga-se somente o que consumir no local)
  • Curitiba Free Walking Tour
  • Jardim Botânico
  • Bosque Alemão
  • Parque Tanguá
  • Praça do Japão
  • Parque Barigui
  • Parque Tingui
  • Ópera do Arame
  • Cânion Guartelá e Castro
  • Rua das Flores
  • Catedral Basílica Nossa Senhora da Luz
  • Mercado Municipal
o que fazer em curitiba

Bosque do Alemão em Curitiba – umas das principais atrações turísticas da cidade. Foto: Divulgação.

Veja também: 20 melhores cafeterias de Nova York

Gastos com deslocamentos em Curitiba

Por ser uma cidade muito planejada, o transporte público em Curitiba funciona extraordinariamente bem, mesmo contando somente com ônibus. São muitos os terminais, e em vários locais, há vias exclusivas. Além disso, a rede é tão organizada que seu modelo é copiado em diferentes lugares do mundo.

Você poderá embarcar em três tipos diferentes de locais: terminais, estações-tubo e pontos de ônibus comuns. Cada um deles tem suas particularidades, então é importante que você pesquise a sua rota do dia antes de sair do hotel.

Portanto, nossa dica é, ao chegar, já adquirir o Cartão URBS, que custa R$ 3,00 e é vendido nas bancas da cidade. Você pode carregá-lo nas locais de compra, terminais e estações-tubo. Cada passagem custa R$ 4,50. São gastos bem acessíveis com locomoção.

Além disso, outras opções de deslocamento são o Uber e bicicleta. No entanto, como várias das atrações são super próximas umas das outras, uma boa caminhada te poupará várias passagens.

quanto custa viajar para Curitiba

Alugar um carro ou andar de uber são boas opções de deslocamento em Curitiba. Foto: Paula Rocha.

Vai viajar e quer economizar? Encontre aqui os MELHORES e mais BARATOS hotéis

Afinal, quanto custa viajar para Curitiba?

Se você leu todos os tópicos anteriores, já tem uma boa noção de quanto gastará em cada um dos principais pontos que impactam a sua viagem, e certamente está pronto para responder conosco “quanto custa viajar para Curitiba”.

Além disso, um ponto importante a ser considerado é que estamos trazendo custos médios, e eles podem mudar, tanto para mais caro quanto para mais barato, dependendo do período da sua viagem e de promoções que tenha encontrado.

  • Hospedagem: considerando um hotel que tenha um melhor custo x benefício, a média de gastos será de R$ 680;
  • Transporte: considerando 4 passagens por dia, investimento total de R$ 72 ;
  • Alimentação: equilibrando opções mais caras e opções mais baratas, você terá um investimento de R$ 350 nesse quesito;
  • Passeios: considerando todos os passeios pagos citados, a despesa será de R$ 1.696.

Enfim, para um roteiro de quatro dias o valor médio de quanto custa viajar para Curitiba será de R$ 2.798, contemplando todas as despesas básicas necessárias.

Veja mais sobre: 22 cafeterias em SP

Envie um comentário

Viajando com a Mala Rosa