Top

Gírias mineiras

Gírias mineiras - termos e vocábulos próprios de Minas Gerais

Minas Gerais é conhecida pelo povo acolhedor, pelas belas naturais únicas e pelas gírias mineiras, que são tantas que daria um dicionário!

Então, certamente você irá se deparar com um linguajar bastante único. E para te ajudar a ter um norte no falar mineiro, separei neste artigo algumas explicações e significados das principais gírias mineiras!

Aqui, você perceberá que a maioria das gírias mineiras são de palavras cortadas ou emendadas. Isso porque, o mineiro, além de comer quieto, não gosta de perder tempo, viu? Até mesmo na hora de se comunicar, encurta as frases!

Por isso, a maneira de falar do estado que tem o melhor pão de queijo do país é tão inconfundível.

E se você já quer chegar em terras mineiras entendendo o dialeto, saber o que cada palavra significa irá facilitar muuito a sua comunicação. Além disso, você poderá usar as gírias ao seu favor para já chegar ao estado fazendo amizades com os locais.

Confira um pouco do estado e entenda mais sobre o jeitinho mineirês de falar.

Sobre Minas Gerais

Estado repleto de paisagens naturais, cachoeiras, história e muita comida gostosa, Minas Gerais é um destino muito querido pelos brasileiros e que agrada a todos os tipos de viajantes!

E olha, garanto que independente da cidade que você esteja indo visitar, certamente não vai faltar o que fazer!

Meu destino favorito de Minas Gerais é Monte Verde, uma cidade super romântica que está na divisa com São Paulo

É a terra do fondue do sudeste, um dos melhores lugares para a galera do ecoturismo e que o reúne o melhor da comida mineira, além daquela cerveja artesanal maravilhosa!

Veja: Dicas de Monte Verde

Mas e então, bora conhecer um pouco mais sobre Minas Gerais?

Gírias mineiras - Dicas de Minas Gerais

Sobre Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais

Belo Horizonte é a capital de Minas Gerais e ponto de chegada e saída para vários destinos do estado.

Além disso, conta com o Aeroporto Internacional de Confins, que recebe voos de diversas cidades brasileiras. Então, não é problema chegar lá!

Já sobre o que fazer em BH, opções não faltam! Por exemplo, a galera curte demais fazer um passeio a pé ou de bicicleta pela famosa Lagoa da Pampulha, que tem 18 km de extensão.

Além disso, a Igreja de São Francisco de Assis, obra de Oscar Niemeyer, também é super movimentada.

Se quiser algo mais cultural, pode fazer o Circuito Liberdade e conhecer museus e pontos interessantes da capital.

Mas certamente um dos melhores pontos turísticos de Belo Horizonte é o Mercado Central, onde você poderá encontrará deliciosos queijos mineiros e outras delícias que só Minas tem! E ah, não deixe de experimentar o famoso fígado com jiló, é uma delícia!!!

Camelos no EgitoVeja tambémCamelos no Egito

Por fim, conhecer alguns dos vários botecos são uma boa pedida para finalizar um dia de passeios em Belo Horizonte tomando uma cervejinha gelada ou provando um bom drink.

Igreja São Francisco de Assis

Igreja São Francisco de Assis

Melhores cidades de Minas Gerais para conhecer

Com mais de 800 municípios, o estado de Minas Gerais é enorme! Por isso, a maioria dos visitantes tem dificuldade em escolher o destino da trip.

Mas entre as centenas de cidades mineiras, algumas se destacam quando o assunto é turismo e se tornam as melhores para visitar. São elas:

Cidades mineiras históricas

  • Ouro Preto
  • Tiradentes
  • Diamantina
  • São João del Rei

Cidades mineiras de ecoturismo

  • Carrancas
  • São Thomé das Letras
  • Serra da Canastra
  • Serra do Cipó

Cidades mineiras para viajar em família

Gírias mineiras e melhores cidades de Minas Gerais

O que são gírias?

Gírias são fenômenos linguísticos utilizados num contexto informal, ou seja, são palavras ou frases não-convencionais segundo a norma culta.

Elas são criadas com o objetivo de substituir termos formais da língua, que não podem ser interpretados de maneira literal e sim no seu sentido figurado.

Por exemplo: “Nossa! Estou azul de fome!” Isso quer dizer que a pessoa está com muita fome, mas não que ela realmente ficou azul por conta disso, né? Haha!

E muitas vezes, as gírias são compreendidas com facilidade em um grupo e incompreendidas por outros.

Um exemplo vivo disso é o nosso Brasil! Quantas vezes você já não ouviu aquele termo típico do nordeste diferentão, mas que o pessoal de lá entende? Isso é gíria!

Nosso país é riquíssimo em variedade linguística, use e abuse!!

Gírias Mineiras mais usadas

Minas Gerais é um estado enoooorme, e é praticamente impossível conhecer tudo o que esse lugar maravilhoso oferece só em uma trip. Mas o que podemos perceber bastante na viagem, é o uso de termos diferentes que só ouvimos por lá – as gírias mineiras.

Pensando nisso, separei logo abaixo as gírias mineiras mais usadas em diferentes contextos, para que você já chegue em Minas por dentro dos costumes mineiros. Bora lá ver?

Pode te interessar: Gírias paranaenses

Ouro Preto - Minas Gerais

Ouro Preto, MG – Gírias mineiras. Nathalia Segato

Gírias mineiras mais famosas

  • Trem: pode ser utilizado para praticamente qualquer coisa, desde objetos a comidas. Ou seja, tudo pode ser um “trem” para o mineiro. Por exemplo: “Você pode pegar aquele trem ali para mim?”
  • Breguete: tem o mesmo sentido de trem, podendo significar qualquer coisa, como: “Cadê aquele breguete de apoiar mouse?
  • Uai: essa, certamente, é uma das gírias mineiras mais famosas e conhecidas em todo o país! Ela é usada para expressar várias coisas: dúvida, espanto, raiva, surpresa etc. Como: “Uai, não vai sair hoje, não?”.
  • Sô: é uma abreviação da palavra “senhor”. Você pode usá-la assim: “Vamos para festa este fim de semana, sô?”
  • Nó: é uma das abreviação mais famosas dos mineiros! Ela é usada para quase tudo é a abreviação de “Nossa Senhora”. Pode ser usada para expressa espanto, indignação, surpresa ou enfatizar algo, como: “Nó, a festa estava muito boa!”. 
  • Tem base: gíria mineira usada para perguntar ou afirmar algo, como por exemplo: “Tem base isso aí que você tá falando?”.
  • Espia só: significa “olha só”, “dá uma olhada”, usada para chamar a atenção de alguém. Por exemplo: “Espia só o que vou fazer“.
  • Paia: gíria mineira muito usada para dizer que algo é chato. Por exemplo: “Que série paia.
  • Fragar: é o mesmo de “entendeu?”. Por exemplo: “E aí, fragou o que eu disse?”.

Veja também: Gírias cariocas

Dicas de Minas Gerais, gírias e vocabulário

Ouro Preto, MG – Gírias Mineiras. Jade Marchand

Outras gírias mineiras bastante utilizadas no cotidiano

  • Arreda: é o mesmo que pedir para alguém ou algo ir para outro lugar, por exemplo: “Arreda essa cadeira que eu vou varrer a sala”.
  • Apruma o corpo: significa corrigir a postura, como: “Apruma esse corpo”.
  • Fragar: sinônimo de “entender”. Você pode ouvi-la desta forma: “Essa rua aqui tem menos transito, fraga?”. 
  • Agarrado: utilizado para falar que está muito atarefado/ocupado, como: “Hoje não vou conseguir te encontrar, estou agarrado”.
  • Gastura: é uma das gírias mineiras mais famosas, usada para exprimir agonia ou aflição. Certamente você ouvirá assim: “Para de mastigar assim que tenho gastura”.
  • Intojado: significa uma pessoa chata, metida ou esnobe. Exemplo em uma frase: “A filha do João é uma intojada mesmo”. 
  • Bicudo: é o mesmo que estar bêbado. Exemplo em uma frase: “O João ficou bicudo na festa ontem”. 
  • Bololô: significa bagunça ou confusão, como: “Teve um bololô na rua de cima ontem à noite”.
  • Cata-jeca: nome dado a ônibus que para em muitos lugares para pegar passageiros. Exemplo em uma frase: “Anda logo, senão você vai perder o horário do cata-jeca”. 
  • Custoso: usada para falar que algo ou alguém é difícil de fazer ou falar. Quantas vezes você já não ouviu: “A Maria é custosa, né!?”
  • Pica a mula: gíria mineira que significa ir embora, cair fora, veja: “Quando a sua mãe chegar, eu vou picar a mula”. 

Abreviações nas gírias mineiras

  • Ansdionte: um jeito abreviado de falar “antes de ontem”. Veja: “Aquele pão ali é de ansdionte”.
  • Coitádocê: abreviação usada para expressar dó ou pena de alguém, como por exemplo: “Coitádocê se acha que vai conseguir me ganhar.”
  • Nigucim: é o mesmo que “negocinho” e é usado para se referir a qualquer coisa pequena, como: “Maria, pega aquele nigucim em cima da mesa para mim?”
  • Niqui: jeito abreviado de falar “no momento em que”. Usado assim: “Niqui ela chegou, eu já fiquei nervoso”. 
  • Tiquim: abreviação da palavra “pouquinho”, como: “Me dá um tiquim dessa comida aí”.
  • Cadiquê: jeito abreviado de falar “por causa de quê”. Por exemplo: Cadiquê você está indo dormir tão tarde?”. 

Gírias mineiras mais usadas

Envie um comentário

Viajando com a Mala Rosa