Top

Quanto custa viajar para San Pedro de Atacama

Quanto custa viajar para San Pedro de Atacama

Planejando conhecer o maior universo da América Latina? Então, precisa pensar em quanto custa viajar para San Pedro de Atacama, a porta de entrada para o Atacama!

San Pedro de Atacama é um vilarejo rústico e charmoso, de ar bastante bucólico. De lá partem as excursões para o imenso deserto do Atacama, o mais seco do planeta e um dos maiores do mundo.

Por lá, encontramos lagunas, vulcões, gêiseres e paisagens surreais de tão lindas. Um destino para os aventureiros de plantão e para quem quer escapar da rotina!

Nós voltamos recentemente de lá e separamos neste artigo as principais dicas de como economizar e os valores de cada passeio, assim como de outros gastos que você certamente terá na viagem.

Bora conferir?

Informações importantes do Chile

Antes de viajarmos para o exterior, precisamos saber algumas informações básicas para não passar por perrengues, certo?

Então, confira as principais dicas sobre o Chile e do Atacama que você precisa saber antes de viajar.

  • Onde fica: o Chile está localizada na América do Sul e faz fronteira com a Argentina, Bolívia e Peru. Já o Deserto do Atacama está dividido entre o Chile, Argentina, Bolívia e Peru, mas a maior parte está no Chile.
  • Capital do Chile: Santiago
  • Idioma: o idioma oficial do Chile é o espanhol, mas os argentinos entendem bem o famoso portunhol.
  • Fuso horário: o fuso horário é o GMT-4, uma hora a menos que no Brasil.
  • Tomada: tomada tipo L (três pinos redondos na mesma linha)
  • Voltagem: 220V e 50 Hz
  • Precisa de passaporte? Não precisa de passaporte, apenas RG.
  • Precisa de visto? Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile
  • Documentos e vacinas: Declaração Jurada, Seguro Viagem com cobertura COVID-19, Passe de Mobilidade (opcional, mas recomendado). Não é obrigatório PCR para entrar, nem comprovar vacinação, mas viajantes não vacinados contra a COVID-19 precisam fazer teste PCR no retorno ao Brasil.
  • Moeda local: a moeda é o Peso Chileno e R$ 1 equivale a $ 160. A dica é não trocar nada no Brasil, apenas trocar apenas o suficiente no aeroporto do Chile para pegar transporte público. Além disso, troque o dinheiro nas casas de câmbio de Santiago, na rua Agustinas. Não troque tudo de uma vez, pois o câmbio varia em poucos dias. Veja mais em: Dicas de Santiago do Chile

Nós visitamos o Chile recentemente e colocamos todas as dicas e preços no Instagram do Mala Rosa

Dicas de quanto custa viajar para San Pedro de Atacama

Veja mais em: As melhores dicas de San Pedro de Atacama

Quanto custa a passagem para San Pedro de Atacama

Um dos principais gastos a serem pensados na hora de saber quanto custa viajar para o Atacama é o de passagem aérea, que costuma representar o maior valor dentro de um planejamento de viagem.

Para economizar, fique ligado nas promoções das principais empresas que realizam os trechos, saindo de sua cidade ou cidades próximas.

Além disso, outra boa forma de pagar menos é fazendo a compra com milhas. Nós fizemos isso quando fomos para a Argentina e economizamos demaais! Fomos na classe executiva por apenas R$ 700.

Agora, para chegar em San Pedro de Atacama, é preciso pegar dois voos: um até Santiago (caso esteja em outro país) e outro até Calama, a cidade mais próxima de San Pedro.

Nós já estávamos em Santiago, então só pagamos a passagem para Calama. Fomos com a LATAM e pagamos R$ 170 em um trajeto de 1h.

Também dá para ir de ônibus, mas a passagem é um pouco mais cara e a viagem dura quase um dia. Você pode encontrar passagens pela TurBus a partir de 36.000 pesos chilenos, o que dá cerca de R$ 182.

Já na saída do aeroporto encontramos uma galera esperando com uma plaquinha de transfer. O preço inicial é 15 mil pesos chilenos, mas negociando dá para fechar por 11 mil pesos, que dá cerca de R$ 55.

Fechando com eles, o trajeto de Calama até San Pedro dura em média 1h10 e os motoristas vão chutando, prepare-se para altas aventuras na estrada.

Veja dicas para encontrar voos baratos em: Como usar o Google Flights

Quanto custa viajar para San Pedro de Atacama: preços de passagens aéreas

Laguna Cejar, no Atacama – Quanto custa viajar para o Atacama (Foto: Paula Rocha)

Quanto custa se hospedar em San Pedro de Atacama

Não se engane pela simplicidade de San Pedro de Atacama: apesar de pequeno, o vilarejo tem ótimas e variadas opções de hospedagens. Inclusive, de luxo!

Então, independente do seu gosto pessoal para hotel, saiba que encontrará de tudo por lá, vá sem medo!

Abaixo, confira a média dos preços de hospedagem em San Pedro de Atacama:

  • Hostel: considerando a estadia em dormitório misto, a média do valor de diária é R$ 160 por pessoa.
  • Hotel 3 estrelas: a média de valor por uma suíte em hotel 3 estrelas é a partir de R$ 300.
  • Hotel 4 estrelas: a partir de R$ 700 é possível de hospedar em uma acomodação com 4 estrelas.
  • Hospedagem de luxo: a partir de R$ 1.000.

 

6 opções de hospedagem que valem a pena em San Pedro de Atacama

($) Se você quer economizar, o Sumaj Hostal e o Hostal Nuevo Amanecer são bons e baratos.

($$) Com bom custo-benefício, o Hostal Puritama e o Hostal Montepardo são ótimos.

($$$) Pra quem procura algo mais bacanudo, o Hotel La Casa de Don Tomás e o Terratani Lodge são excelentes.

-> Clique aqui e veja as melhores promoções de hospedagem em San Pedro de Atacama.

Gastos com transporte

Se chegar em San Pedro de Atacama requer um pouco mais de investimento financeiro, se locomover pelo local custa bem menos.

Por ser um vilarejo, é bem fácil conhecer os principais pontos de interesse de bicicleta ou a pé. A vida por ali acontece na Rua Caracoles, a principal da região, repleta de restaurantes e comércio no geral. Dá para fazer tudo a pé!

Usamos transporte apenas para fazer os tours pelo Deserto do Atacama. Você pode ou fazer por conta, ou com agência.

Todavia, nós recomendamos que faça com agência, porque as ruas da região são péssimas para dirigir por conta própria: cheias de costelas de vaca, pedras e não tem sinalização. Só quem conhece mesmo que vai.

Então, leve sapatos confortáveis e esteja pronto para andar pelo deserto – e acredite, trilha é o que mais tem para fazer por lá!

Quanto custa viajar para San Pedro de Atacama: o que fazer de graça e como se locomover

Vai alugar carro? Compare os preços no  RENTCARS, é mais barato, não cobra IOF e permite o parcelamento em até 12x! CLIQUE AQUI e economize!

Gastos com alimentação em San Pedro de Atacama

Em San Pedro de Atacama certamente será bem difícil encontrar opções self service para se alimentar. A maioria dos restaurantes terá um cardápio, com pratos a preços fixos, que podem atender à fome de uma ou mais pessoas.

Uma boa dica para economizar é andar entre as ruas paralelas à Rua Caracoles, para encontrar melhores preços.

Abaixo, temos uma média de valores de alimentação, por refeição e por pessoa:

  • Café da manhã: em média R$ 20
  • Almoço em restaurantes mais simples: em média R$ 25
  • Almoço em restaurantes mais sofisticados: em média R$ 40
  • Jantar em restaurantes mais simples: em média R$ 45
  • Jantar em restaurantes mais sofisticados: em média R$ 70

Gastos com passeios

Certamente, o gasto com passeios é a maior preocupação na hora de pensar em quanto custa viajar para San Pedro de Atacama.

Na verdade, dá para conhecer o Atacama por conta própria, porém, como as estradas são muito ruins e as atrações exigem grande locomoção, fica complicado para quem está indo sem agência/transfer.

Então, vale super a pena fechar tours, que incluem transfers, guia e alimentação.

Quem nos acompanhou por foi o pessoal da Brasileiros no Atacama, a agência que dá a melhor assistência para nós, brasileiros. Recomendamos muito!

Atenção: embora você faça os passeios sem agência, algumas atrações cobram entrada. Mesmo se for com agência, precisará pagar esses valores na hora do passeio. Por isso, leve pesos chilenos.

Mas e aí, quanto custam os passeios no Atacama? Confira a média de valores:

  • Geisers del Tatio: R$ 76 na entrada (15.000 CLP) + R$ 253 o tour (50.000 CLP)
  • Rota dos Salares: R$ 355 para o tour (70.000 CLP)
  • Valle de la Luna: R$ 304 para o tour (60.000 CLP)
  • Vallecito: R$ 233 (46.000 CLP) em agência. Fizemos este passeio por conta.
  • Valle del Arcoíris: R$ 50 na entrada (10.000 CLP) + R$ 253 o tour (50.000 CLP)
  • Trekking Puriguatin/Termas Puritama: R$ 431 o tour (85.000 CLP) + R$ 50 por foto
  • Tour Astronômico: R$ 213 (42.000 CLP) + R$ 50 por foto (10.000 CLP)
  • Piedras Rojas: R$ 40 na entrada (8.000 CLP) + R$ 507 o tour (100.000 CLP)
  • Laguna Cejar: R$ 370 (73.000 CLP)
  • Lagunas Escondidas de Baltinache: R$ 348o tour (68.000 CLP)

Contato Brasileiros no Atacama

Whats App: +55 48 9165 8647 e +55 48 9813 8878

Email: [email protected]

www.brasileirosnoatacama.com.br

Instagram: @brasileirosnoatacama

O que fazer de graça em San Pedro de Atacama

Mais uma boa notícia para o seu planejamento de quanto custa viajar para San Pedro de Atacama: a maioria das atividades que são realizadas no vilarejo são de graça.

Além disso, algumas atrações do próprio Deserto do Atacama têm entrada gratuita!

Conheça abaixo algumas das principais atividades que podem ser feitas, gratuitamente, em San Pedro de Atacama e no Deserto do Atacama:

  • Percorrer o Centro Histórico;
  • Visitar o Museu Arqueológico Gustavo Le Paige;
  • Conhecer a vila de artesãos;
  • Explorar o sítio arqueológico de Pukará de Quitor;
  • Vallecito;
  • Mão do Deserto;
  • Termas Puritama.

Depois de ter uma boa ideia de quanto custa viajar para San Pedro de Atacama, realize seu planejamento de viagem, curta muito e boas férias!

Todos os nossos artigos sobre o Chile

Está planejando uma viagem para o Chile?

Então, confira nossa série de artigos sobre os melhores destinos do país para se planejar melhor:

Artigos sobre o Atacama

Artigos sobre Santiago

Comentários

  • Avatar de quem comentou

    Vanessa

    17 de julho de 2023

    Olá Paula, tudo bem? Gostei bastante do seu post e fiquei com uma dúvida: qual período você viajou? Vi que estava um clima gostoso.. Obrigada pelas dicas.. maravilhosas!

    reply...
    • Avatar de quem comentou

      Paula Rocha

      19 de julho de 2023

      Oii Vanessa, tudo bem? a gente foi em abril, amiga.. realmente tava bem bom e recomendo! 🙂

Envie um comentário

Viajando com a Mala Rosa