Top

O que fazer em Minsk Bielorrússia

O que fazer em Minsk bielorrússia

Assim que decidi visitar Minsk, eu fiquei imaginando o que poderia fazer por lá? O que eu encontraria? Confesso que eu estava com medo, só se houve falar do presidente que está a mais de 2 décadas no poder, e que o país ainda vive em ditadura militar, talvez porque eu achasse perigoso, a gente realmente tem medo do desconhecido néh?!

Quando você pensar em o que fazer em Minsk Bielorrússia, pode ter a certeza que tem muita coisa bacana por lá, a capital Minsk é linda e a mais limpa que eu já visitei.

Minsk ganha destaque devido a sua impressionante arquitetura, a variedade de cafés, bares, restaurantes, museus, lugares públicos, monumentos, entre outras atrações que fazem a cidade ser especial. Além disso, para os amantes por história Minsk certamente é uma cidade que vale a pena visitar.

Saiba agora várias informações sobre Minsk para que você monte o roteiro da sua viagem com todas as informações necessárias e aproveite muito a capital da Bielorússia.

Como chegar em Minsk na Bielorrússia

Localizada entre a União Europeia e a Rússia, esse é um país um pouco complicado de chegar por qualquer meio. A complicação se dá devido à baixa oferta de transporte desde os principais centros europeus.

Por isso, os valores de passagens aéreas para voos partindo da Europa ocidental com destino a capital Minsk são bastante altos. No entanto, você pode voar para outros países da Europa ocidental que fazem divisa com o país e pegar um trem ou um ônibus até Minsk.

Muitas pessoas acham que Belarus é uma capital muito fechada e não é! Claro que assim como outros países tem algumas exigências e leis, e onde não é neh?

Saindo do Brasil, o ideal é pegar algum voo para alguma cidade europeia e em seguida um voo para Moscou ou alguma cidade da divisa. Caso opte voar para Moscou, você pode pegar um trem em Moscou que leva cerca de 8 horas de viagem até Minsk. Eu fui por  trem por Vilnius na Lituânia.

Interessante saber

Antes de começar a falar sobre o que fazer em Minsk, quero te falar que fiz 2 posts bem completos que é interessante que você leia, neles falo sobre clima, dicas, moeda local, transporte público, comidas típicas, curiosidades e muito mais coisas. são eles:

Bom vamos seguir então com as nosso roteiro com as melhores atrações de Minsk

como chegar em Minsk-dicas de Minsk Belarus

Dicas de Minsk Belarus-trem Vilnius-Minsk Paula Rocha

O que fazer em Minsk Bielorrúsia

Em Minks você pode começar a explorar através de “Free Walking Tours” (um passeio a pé gratuito), com guias muito simpáticos e  dispostos a te ajudarem com qualquer dúvida que surgir! 

Esse tipo de passeio é ótimo para saber a história do lugar através de quem realmente conhece tudo e sem gastar muito! . Nesse tipo de passeio, você paga o quando você achar que vale, ou quando você puder, tipo uma gorjeta. Eu recomendo em torno de BYR15 / R$30, por pessoa. lembrando que é só uma sugestão ok?

Nessa caminhada, você verá muitas atrações de Minsk, é bom pra ter um ideia do que fazer em Minsk,  e se alguma te interessar é só retornar mais tarde e aproveitar. O passeio ocorre aos sábados às 11:00. Clique aqui para mais informações.

Praça da Independência

Passear pela praça da independência é uma atração obrigatória do que fazer em Minsk, isso porque a Praça da Independência é uma das maiores praças da Europa. O Soviete Supremo da Bielo-Rússia, a Igreja de São Simão e Santa Helena e a Prefeitura de Minsk estão nesta praça. Há uma estação de metrô, uma estátua de Lenin, um shopping center, uma universidade e até um pub irlandês na Praça da Independência, ou seja é o point 😉

O que fazer em Minsk-Praça da independência

O que fazer em Minsk-Praça da independência. Paula Rocha

Biblioteca Nacional da Bielorússia

Essa é uma atração imperdível do que fazer em Minsk Bielorrússia.  A Biblioteca Nacional da Bielorússia possui mais de 10 milhões de livros e oferece livros para todos os gostos. O mais interessante é que a biblioteca  foi parcialmente financiado por nada mais nada menos que Saddam Hossein. Que doou mais de meio milhão de dólares para ela ser concluída.

Chernobyl hojeVeja tambémChernobyl hoje

Além disso, a Biblioteca possui um deck de onde você poderá ter uma linda vista de Minsk. Com mais de 76 metros de altura e rodeada por um pequeno parque na margem do rio. Há um mirante público interno no 23º andar, juntamente com um café e uma galeria no 22º andar.

Achei muito linda e moderna, sem contar o formato de diamante que é bem louca. O valor de entrada para subir no mirante é de BYR 3,00/ R$7 por pessoa. Imperdível para um roteiro completo

Biblioteca de Minsk

Museu Nacional de Arte da Bielorrússia

No Museu Nacional de Arte você irá encontrar uma grande coleção de pinturas clássicas russas, antigos ícones bielorrussos, a coleção de pinturas do artista bielorrusso Mai Dantsig, coleção dedicada ao realismo socialista e retratos da família Radziwily, uma poderosa família de magnatas amplamente conhecida na Europa. Pra quem gosta de museu, acho que super vale a pena.

Teatro de ópera e balé Bolshoi

No interior do edifício está decorado com pedras naturais, mármore e granito. Os pisos são feitos de vários tipos de granito e são embelezados com ornamentos. Detalhes de gesso, pinturas de teto, estuque dourado e cortinas de veludo vermelho impressionam ainda mais.

Os ingressos para apresentações de ópera e balé são bem acessíveis, se durante a sua visita a Minsk houver um evento, você não deve desperdiçar a chance de ir. O espetáculo mais procurado é o Lago dos Cisnes.

No dia que eu visitei Minsk a frente do teatro Bolshoi estava cheia de bailarinas mirins esperando para entrar em dezenas de limuzines que aguaradam na porta. Sério gente, nunca vi tantas limusines juntas.

Teatro Bolshoi

O que fazer em Minsk -Teatro Bolshoi Paula Rocha

Museu da Grande Guerra Patriótica da Bielorússia

Esse Museu foi inaugurado em 1944, em meio a Segunda Guerra Mundial. A Bielorrússia foi extremamente afetada pela guerra, perdendo milhões de sua população, Destino triste e cruel que o país reviveu durante o reinado de Stalin na União Soviética.

No entanto, o museu foi mudado e ampliado ao longo de sua história. Agora está alojado em um edifício esplêndido na Praça dos Heróis. O museu foi reaberto em 2014, na véspera do Dia da Independência, em homenagem ao 70º aniversário da libertação dos bielorrussos dos invasores nazistas.

Igreja de Todos os Santos

Um edifício moderno construído em 1991, este impressionante templo ortodoxo é a catedral mais alta da Comunidade dos Estados Independentes com 74 metros.

A Igreja de Todos os Santos é instantaneamente reconhecida graças às suas torres e telhados decorados com ouro, construídos em memória de vítimas inocentes. Por dentro, é igualmente bonito, com altares extravagantes, pinturas e uma vasta cripta, que abriga três soldados desconhecidos das três principais guerras da história recente da Bielo-Rússia (a Guerra de 1812, a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial).

Igreja Vermelha

Foi construída ente 1908 e 1910, por ordem de uma rica família bielorrussa após a morte prematura de seus dois filhos Simon e Helena, aos quais a igreja foi dedicada. É conhecida como a Igreja ‘Vermelha’ devido às suas paredes de tijolo vermelho, tem uma estátua de bronze em frente à igreja representa o Arcanjo Miguel matando o Diabo, representado como um dragão. Você pode admirar o maravilhoso design interior completo com vitrais brilhantes. Achei muito linda!!!

Igreja Vermelha de Minsk

Igreja vermelha de Minsk Paula Rocha

Parque Gorky

Este parque foi estabelecido em 1800 simplesmente como um jardim e mais tarde recebeu o nome de Maxim Gorky, um famoso escritor soviético. Atualmente, o Gorky Park possui um parque de diversões, uma pista de patinação no gelo e um mirante. O parque de diversões possui uma roda-gigante de 56 metros de altura e há um planetário no observatório.

Praça da Vitória

A segunda praça importante a ser visitada em Minsk Bielorrússia é a Praça da Vitória. Localizada perto dos principais escritórios da televisão e rádio nacionais, esta praça é famosa por seus desfiles e como local onde casais recém-casados ​​posam para fotos de casamento.

A praça inclui o Monumento da Vitória imediatamente reconhecível que foi construído em 1954 e homenageia bielorrussos que lutaram nas guerras pela região e pelo Exército Soviético. Além disso, se você tiver sorte de estar aqui na hora certa, poderá assistir a um desfile militar em dias nacionais e feriados específicos.

Circo Estadual

O impressionante circo foi construído em pedra no ano de1952 e finalizado em 1958, foi o primeiro circo estacionário de inverno na União Soviética.

Os ingressos têm preços muito baratos, especialmente devido à qualidade do entretenimento, com shows aquáticos até acrobacias aéreas, excelente coreografia, música, luzes, cores. Entretanto, eu não tive coragem de ir, vi elefantes e outros animais no anuncio, não sabia se tinha, mas na dúvida eu acabei não indo. Quando voltei dessa viagem, descobri que a Bielorussia é o único país da Europa que ainda não proibiram as apresentações com animais. Triste mas é verdade!

caso queira incluir o circo em seu roteiro o ingresso estava custando em media R$50 por pessoa.

Circo estadual de Minsk

o que fazer em Minsk- Circo Bielorrusso Paula Rocha

Estádio Nacional de Futebol

A Bielorrússia pode ainda não ser famosa no mundo do futebol, mas a cidade tem um estádio nacional de futebol muito impressionante. O Estádio Dinamo tem uma longa história e foi reaberto em 2017. Foi inaugurado em 1934, mas infelizmente foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi usado nos Jogos Olímpicos de Verão de 1980 e na Copa do Mundo de Sub-20 de 1985; ambas as vezes, a Bielorrússia fez parte da ex-União Soviética. As equipes locais, Dinamo Minsk e FC Minsk, jogaram aqui ao longo dos anos. Hoje é a casa principal da Seleção da Bielorrússia.

Ilha das Lágrimas

A “Ilha das Lágrimas” vale uma viagem. Você entra na ilha por uma pequena passarela. Por lá há um memorial para comemorar a guerra de nove anos da União Soviética com o Afeganistão, que ocorreu entre 1979 e 1988.

Além disso, na ilha há também uma estátua sagrada de um menino com asas de anjo. Suas partes íntimas são mais douradas do que o resto da escultura, já que muitas garotas bielorrussas as tocam no dia do casamento, em uma superstição que significa que certamente terão filhos.

Ilha das lagrimas de Minsk

Ilha das lagrimas Paula Rocha

Galereya Slavutasts

Visite a Galereya Slavutasts e conhece de pelo a arte bielorrussa. Essa é uma das galerias de arte mais incomuns e ecléticas da Europa Oriental. Dentro dela há uma coleção bem de algumas artes bielorrussas assustadoramente feias e lindamente requintadas. Os itens em exibição incluem baús de tesouro, pinturas, âmbar bem como flores secas, roupas e uma parafernália diversa.

Metrô de Minsk

Diferente de muitos lugares que conhecemos, onde o metrô é apenas um transporte público, em Minsk, além de servir como meio transporte o metrô também é uma atração turística.

Sem dúvidas nenhuma, as estações de metrô em países pós-soviéticos são espetaculares!

Algumas das estações mais bonitas para visitar são Ploshcha Lenina (com uma enorme estátua de foice e martelo), Kastrychnitskaya, Ploshcha Pyeramohi ou Ploshcha Yakuba Kolasa. Eu amei conhecer, me lembrou bastante as do metrô na Rússia. Todas lindas!

Metrô, palácios do povo

Palácios do povo Paula Rocha

Cidade velha de Minsk

Como mencionado acima, Minsk tem uma história longa e turbulenta e a maioria de seus prédios antigos já se foram.

Há, no entanto, uma pequena parte da cidade que serve como centro histórico de Minsk. Ele está localizado entre o Palácio da República e o Rio Svislach. Você pode encontrar aqui a prefeitura, bem como algumas igrejas e museus antigos.

Veja o mar!

Você certamente está se perguntando, como vou ver o mar se a Bielorrússia é um país sem litoral? Sim, é, mas existe um “mar”, um mar de Minsk! Os moradores locais usam esse nome quando falam sobre a reserva de água de Zaslavskoe, localizada nos arredores da capital.

Você pode chegar lá de trem elétrico a partir da estação ferroviária central. Já sabe neh, se falarem em mar você já sabe que é um rio. mas se tiver tempo coloque sim no seu roteiro de viagem.

Visite o predio do assassino do presidente John Kennedy

Isso mesmo que você leu, o assassino mais famoso do mundo morava em Minsk, Lee Harvey o homem que matou nada mais, nada menos que  o presidente dos Estados Unidos John Kennedy.

Diz a lenda urbana que Lee Harvey só foi morar nos EUA porque achava Minsk muito parada, sem muitas opções de lazer, ou seja, se Minsk fosse mais agitada Lee nunca teria saído de lá e o presidente Kennedy poderia estar vivo até hoje. Não sei se até hoje porque ele já teria 104 anos de idade.

Fui visitar o prédio dele, por fora é claro, na rua tudo normal, acho que as pessoas já estão acostumadas com os curiosos de plantão hahah igual eu 🙂 Coloque no google maps Früheres Haus von Lee Harvey Oswald e você chegará sem menores dificuldades.

prédio que morou o assassino de John Kennedy

prédio que morou o assassino de John Kennedy Paula Rocha

Faça um bate e volta em Brest

Visitar a cidade de Brest pode ser uma boa opção pra você que pretende conhecer ao máximo Belarus, existem várias excursões de um dia para conhecer parte dessa importante cidade histórica,  como a Igreja de São Nicolau e o  famosa Fortaleza de Brest, o primeiro lugar atacado pelo alemães, onde se deu inicio a Grande Guerra Patriótica.

Visite Kurapaty, a floresta das cruzes

Kurapaty é uma região cercada por florestas, onde centenas de cruzes estão espalhadas para homenagear as vítimas da repressão stalinista, o lugar tem um clima bem triste e pesado, já que centenas de corpos foram encontrados nesse lugar, onde hoje está tomado por cruzes de diversos tamanhos.

As cruzes começaram a chegar em Kurapaty em 1989, através de familiares das vitimas de Stalin, por cidadãos religiosos e organização cívica. Hoje, estima-se que existam mais de 100 mil delas espalhadas por toda floresta.

Uma curiosidade sobre kurapaty, é que no de 1994 o então presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton visitou a Bielorrúsia e levou até Curapaty um pequeno monumento de granito escrito:

“Aos Bielorrussos, do povo americano”

Esse feito era uma forma de homenagear as vitimas e agradecer o governo por terem enviado suas armas nucleares de volta para Russia. Facilmente você encontrará excursões para Kurapaty saindo do centro de Minsk.

Kurupaty, floresta das cruzes

Kurupaty, floresta das cruzes Paula Rocha

Visite o Cat Café

O Cat Café em Minsk é um lugar muito agradável, cheio de gatinhos de todos os tipos, e o mais legal mesmo, é que esses gatos são retirados da rua, e se algum morador da cidade quiser adotá-los eles podem!!! Eu ameiiii!!!

Além dos diversos gatos fofos você também vai encontrar um espaço todo descontraído, com jogos de tabuleiro, papeis e lápis colorido para desenhar e várias obras de arte sobre gatos para admirar.

Pra visitar o cat café de Minsk você gasta em Média R$18 por pessoa e pode beber chás, café e leite quentinho à vontade. Além de balas de diversos sabores. Eu peguei várias hauahuhaua.

No cat café você pode comprar diversas lembrancinhas, entre elas estão:

  • Dinheiro do gato   R$2
  • Imã de geladeira   R$8
  • Espelho de bolso  R$6

Eu tenho gato, meu Kayke tá com 13 anos e morro de saudades dele quando estou viajando, aí eu estou viciada em visitar Os cafés de gatos pelo mundo. Se você gosta de felinos vai amar esse aqui.

Recomendo: Viagem internacional com animais de estimação.

Cat Café de Minsk

O que fazer em Minsk-Visitar um cat café Paula Rocha

Experimente a vida noturna de Minsk em um pub crawl

A vida noturna de Minsk é bem interessante. A melhor alternativa para os turistas conhecerem bem a noite da cidade é sair em um passeio guiado pelos pubs de Minsk Bielorrússia, os chamados Pub Crawl.

Dessa forma, você poderá visitar diferentes bares e clubes em Minsk, conhecer visitantes e habitantes locais. Além disso,  o passeio pela cena dos bares é conduzido por um guia que fala inglês e russo e acontece todas as sextas e sábados à noite, começando às 20h30. Além disso, você terá uma chance de boas-vindas grátis em cada bar. Minsk é uma cidade bem badalada e você poderá fazer novos amigos por lá.

Cada percurso é planejado para visitar os eventos mais interessantes da cidade com festas, shows ou danças no bar. Todos os locais estão posicionados a 5 a 10 minutos a pé uns dos outros no centro de Minsk, então você não vai acabar muito longe de onde começou!

Saiba mais sobre o Pub Crawl em Minsk aqui.

Dica: Em Minsk não pode beber nada alcoólico na rua, mas pode comprar o mercado à vontade.

Visite algumas das áreas verdes da cidade

Minsk Bielorússia é uma cidade muito verde, portanto uma das melhores coisas para fazer em Minsk em um dia ensolarado certamente é pegar um livro e explorar suas áreas verdes.

Basta dar uma olhada em qualquer mapa para encontrar o mais próximo de você ou caçar alguns dos mais nobres. O Parque Gorky é um dos mais antigos da cidade, citando ao longo da margem do Svislach Ricer com um observatório, roda-gigante e abundância de atrações cumpridas.

Para um local mais tranquilo, você pode experimentar o extenso e arborizado Pobyedy (Victory) Park, com seu enorme lago, trilhas naturais e vistas pitorescas. É um local perfeito para um piquenique bem como um passeio matinal. Outros locais dignos de nota incluem o Jardim Botânico central (com entrada paga), o Parque Yanka Kupala ou o Jardim Público Alexandrovsky.

Parques

Parques

Compras na Bielorússia

Tire um dia do seu roteiro e vá fazer compras, isso mesmo, a bielorussia é um local onde você também pode comprar boas coisas. Minsk ou Brest podem ter muitas opções de comprinhas. Eu mesma fui conhecer o Dana Mall (shopping center de Misnk) e achei tudo muito lindooo.  Lá dentro eu encontrei várias lojas com roupas e sapatos de qualidade bielorussa e também várias marcas conhecidas, como H&M e Zara.

Se você está procurando lembrancinhas, eu achei que lá os preços são melhores do que na Rússia.

Se assim como eu, você também gosta de comprar coisa na promoção, saiba queapós o natal você encontrará muitas promoções, próximo do dia Internacionada mulher, assim como próximo da páscoa, dia de São Valentin (namorados). Aqui no Brasil tudo aumenta nesses feriados e lá eles fazem promoção.

Segue abaixo uma listinha d elugares pra você fazer compras em Minsk:

  • Armazem GUM e Tsum
  • Arena City
  • Galeria Minsk
  • Centro comercial Stolitsa
  • Dana Mall

Grande parte das lojas abrem a partir das 9h e fecham entre 8 e 9h da noite. Entretanto os hipermercados ficam abertos até a meia noite.

shopping center em Minsk

shopping center em Minsk- Dana Mall Paula Rocha

Onde comer em Minks Bielorússia

Quando você viajar para Minsk, definitivamente deve experimentar os pratos tradicionais da culinária nacional da Bielorrússia e apreciá-los nos melhores restaurantes e cafés locais.

Uma das coisas que você não pode deixar de fazer em Minsk é provar as comidas típicas e as bebidas!

O que comer na Bielorrússia

Assim como a Russia, na Bielorrússia também de deliciosas comidas, hummm, só de lembrar já tenho fome (na verdade, eu vivo com fome!) então vamos colocar a comida também nesse post de O que fazer em Minsk Bielorrússia.

Aqui está uma lista de comidas típicas da Bielorrússia, certamente você vai amar!!!

  • Draniki: Os principais ingredientes são batatas e cebolas raladas, em algumas receitas também incluem carne, bacon, cogumelos e queijo. Na maioria das vezes são servidos com creme de leite.
  • Tsibriki: É um lanche feito com recheio de batata e queijo e frito em uma frigideira.
  • Zhurek: É uma sopa cozida lentamente, feita de aveia e pão preto, com carne, vegetais e alho.
  • Borscht: Ela é uma sopa bem procurada na Rússia, os Russos falam que ela foi inventada lá, hahah .Seus principais ingredientes são a beterraba, seguido de carne, batata, repolho, cenoura e cebola. Geralmente é servido com creme de leite e pão preto.
  • Salada primavera: Ela é feita de tomates picados, pepinos, cebolas e pimentões com um raminho de endro e uma colher de creme de leite ou azeite de oliva.
  • Chocolate da Menina: Eu não sei colocar o nome dele aqui, mas é esse aí da foto abaixo, você vai encontrar em todos os cantos, falam que é o melhor de lá. Eu comprei e não achei nada de mais hahaha.

O que beber na Bielorrússia

Além de todas essas delícias, também tem algumas bebidas que vocês não podem deixar de experimentar…

Veja na listinha abaixo:

  • Vodkan: Uma marca local para provar seria a Belaruska, feita de centeio, pão de trigo e batata.
  • Kvas: Uma cerveja sem álcool preparada com pão de centeio escuro, fermento, ervas, água e açúcar.
  • Krambambulia: A Trata-se de uma mistura de vinho tinto e vários tipos de licores, incluindo rum, vodka ou gin.
  • Kisel: Essa bebida é feita de aveia que é fervida em água e assada no fogão e depois engrossada com fécula de batata.
  • Ryazhenka: Essa bebida parece com iogurte, entretanto,  tem um sabor mais leitoso ,bem diferentona hahaha.

Restaurantes para experimentar a comida bielorrussa

Simple

O Simple é um restaurante muito novo e muito elegante de cozinha bielorrussa moderna, tem que estra no seu roteiro! Os pratos do Simple são compostos por combinações de ingredientes bem pensadas, com uma mistura de cozinha tradicional bielorrussa e de alta qualidade, que, além disso, são servidos com muito elegância.

Chernobyl hojeVeja tambémChernobyl hoje

Talaka

Há outro restaurante de culinária nacional bielorrussa em Minsk Bielorrússia que merece uma visita – Talaka (Талака). Além disso,  muitos habitantes locais aconselham este restaurante a clientes internacionais devido ao seu interior tradicional e acolhedor e à excelente comida.

Cafe Netto

O menu do Café Netto é composto principalmente por pratos com carnes grelhadas. Dentro do café, você pode assistir seu pedido sendo feito no interior lembrando o estilo urbano dos anos 50. A grelha é usada em 95% de todos os pratos no cardápio, por exemplo, eles grelham carne para saladas.

Além disso, no final de semana você deve visitar o Café Netto para jantar com bandas ao vivo. E ainda a cada duas semanas eles preparam um menu especial dedicado a um determinado país, por exemplo, menu espanhol, menu da URSS, etc.

Falcone

Todos os amantes da cozinha italiana certamente ficarão felizes em saber que em Minsk existe um restaurante de alta cozinha italiana que é o primeiro restaurante da Bielorrússia listado no mundo Baedekers para restaurantes italianos recomendados pela Federação de Chefs Italianos (FIC).

Além disso, o Falcone possui ainda uma sala VIP e uma sala especial para festas com crianças. Não é muito barato.

Lido

Para quem procura a cozinha tradicional bielorrussa em um restaurante com menu barato, o Lido certamente é uma ótima opção. É uma rede de restaurantes fast food especializados em gastronomia nacional, de interiores acolhedores tradicionais e preços baixos.

Localizada na Praça Yakub Kolas, ela está sempre cheia de visitantes: estudantes, famílias bem como viajantes internacionais e aqueles que estão tendo um almoço de negócios.

Gorjetas / taxa de serviço na Bielorússia

Diferente de muitos outros países, na Bielorussia a gorjeta não está na conta, caso queira, pode deixar em torno de 10% do valor do valor consumido. Nos hotéis e nos taxis não é muito comum dar a gorjeta, mas se você der eles vão pegar felizes da vida!

Gorgetas/taxa de serviço em Belarus

Gorjetas/taxa de serviço em Belarus Paula Rocha

Onde ficar em Minsk Bielorússia

Aqua-Minsk Hotel

Esse hotel está localizado a apenas 150 metros do Parque Aquático Lebyazhy. O hotel oferece o serviço de aluguel de bicicletas e está localizado em uma região excelente para pedalar. Certamente se você adora uma bike vai amar esse lugar!

  • Valor da diária: a partir de R$ 263,00 para duas pessoas
  • Nota no Booking: 9,1
  • Reservas: verifique disponibilidade e preços aqui.

Belarus Hotel

Dispondo de restaurante, o Belarus Hotel está localizado em Minsk Bielorrússia, a 5 minutos a pé do Rio Svislach. A propriedade oferece piscina e academia que pode ser utilizada por um custo extra. Além disso, o hotel dispõe de um restaurante onde você pode saborear pratos das cozinhas bielorrussa e europeia.

  • Valor da diária: a partir de R$ 458,00 para duas pessoas
  • Nota no Booking: 8,5
  • Reservas: verifique disponibilidade e preços aqui.
Aqua Minsk Hotel

Onde ficar em Minsk. Foto: Booking

Europe Hotel

Localizado no centro de Minsk, o Europa Hotel dispõe de piscina coberta, academia, hammam (banho turco) e sauna. O Palácio da República está a 200 m de distância. Além disso, o restaurante do hotel serve pratos da culinária europeia e bielo-russa.

  • Valor da diária: a partir de R$ 990,00 para duas pessoas
  • Nota no Booking: 9,0
  • Reservas: verifique disponibilidade e preços aqui.

Perguntas frequentes

O que fazer em Minsk Bielorrússia com chuva

  • Visite algum dos museus da cidade de Minsk Bielorrússia;
  • Vá em algum restaurante ou café de Minsk;
  • Visite a Biblioteca Nacional;
  • Assista uma apresentação no teatro de ópera e balé.

O que fazer em Minsk Bielorrússia no inverno

  • Fazer patinação no gelo, trenó ou esqui;
  • Pesque no inverno;
  • Nade na lagoa de gelo; Semmmm ooooorrr
  • Vá para a sauna ou uma banya tradicional.

O que fazer em Minsk Bielorrússia no verão

  • Alugue uma bicicleta e passeie pela cidade de Minsk Bielorrússia;
  • Caminhe pela Praça da Independência;
  • Tome uma boa cerveja;
  • Visite a Ilha de Lágrimas;
  • Visite a cidade velha.
Minsk Belarus

O que fazer em Minsk Belarus no verão. Paula Rocha

Roteiro de 5 dias por Minsk Bielorrússia

Roteiro 1 dia:

  • Caminhe pela Praça da Independência;
  • Visite a Ilha de Lágrimas;
  • Visite a cidade velha;
  • Conheça algum restaurante.

Roteiro 2 dia:

  • Alugue uma bicicleta e passeie pela cidade;
  • Vá para a sauna ou uma banya tradicional;
  • Visite algumas das áreas verdes da cidade;
  • Admire o Jardim Botânico de Minsk

Roteiro 3 dia:

  • Conheça o metrô de Minsk;
  • Vá em um jogo no Estádio Nacional de Futebol;
  • Igreja de Todos os Santos;
  • Visite o Museu do Gato e acaricie os gatos amigáveis

Roteiro 4 dia:

  • Parque Gorky;
  • Galereya Slavutasts;
  • Faça um Pub Crawl;
  • Pegue o metrô de estilo soviético

Roteiro 5 dia:

  • Conheça o “mar” de Minsk;
  • Visite o Museu da Grande Guerra Patriótica da Bielorússia;
  • Conheça Biblioteca Nacional da Bielorússia;
  • Veja uma apresentação no Teatro de ópera e balé

Eu sou Paula Rocha, nascida e criada na pitoresca cidade de Pirapora do Bom Jesus, SP. Apaixonada pelos animais, pela cor rosa e por globinhos de neve. Gosto de cerveja gelada, comer sem frescura e de viajar o máximo possível pagando o justo. Bora viajar?

Envie um comentário