Top

Boia Cross Nobres: Duto do Quebó

A cidade de Nobres, no estado do Mato Grosso, é uma das mais procuradas pelos viajantes. Isso se dá, principalmente, pelo fato de ela ser repleta de natureza e maravilhas naturais, o que vira palco de diversas atividades ao ar livre! Uma vez lá, você pode fazer de tudo: desde flutuação e mergulho a contemplar a fauna e flora local, num momento de descanso. Mas se você é um aventureiro que gosta de atividades radicais, o Boia Cross Nobres é certamente o seu tipo de passeio ideal!

Veja aqui outras atrações turísticas de Nobres.

Infelizmente, não existem muitos estabelecimentos que oferecem boia cross na cidade. No entanto, isso faz com que o Boia Cross no Duto do Quebó ganhe destaque, gerando bastante procura. Afinal, é uma atração turística sensacional! E o Duto do Quebó é perfeito para a aventura!

Apesar do nome “boia cross” sugerir uma atividade bem fora do comum e até mesmo perigosa, não se preocupe, sério! O Boia Cross Nobres é totalmente seguro, pois o percurso é realizado com equipamentos de proteção e com a ajuda de um guia extremamente experiente.

Além disso, a água tem um ritmo super tranquilo: suficiente para ter adrenalina e emoção, porém não é capaz de te machucar.

E então, que tal conhecer um pouco mais do Boia Cross Nobres, viajante?

Boia Cross Duto do Quebó Nobres: como chegar

De antemão, preciso te alertar que se você está hospedado no centro de Nobres, precisará percorrer um bom caminho até o Boia Cross Nobres. Por isso, esteja preparado para passar longos minutos na estrada.

Aliás, sempre confirme antes com sua agência de turismo se há oferta de transporte até o local de seu passeio. Caso não haja e você precise ir por conta, fique tranquilo sobre o percurso, pois as agências de turismo oferecem um mapa que te guia até o local do Boia Cross.

O Boia Cross Nobres está localizado no Setor da Cerquinha, a 35 km do centro da Vila Bom Jardim, na MT-241, a aproximadamente 50 km da sede de Nobres.

A Vila Bom Jardim é um distrito da cidade de Nobres, como um bairro. Para saber mais sobre como chegar em em Nobres e Bom Jardim, confira o post completo clicando aqui.

Aconselho alugar carro 4×4, porque são aproximadamente 25 km de estrada de terra com buracos aqui e ali, tornando o caminho um pouco complicado. Todavia, não tem erro no trajeto! Fora a poeira que sobe e umas poças d’água, não há muitas curvas.

Após alguns quilômetros de asfalto, saindo do centro da Vila Bom Jardim, verá diversas placas mostrando a direção certa, então não se preocupe em errar as entradas, porque o percurso é muito bem sinalizado, beleza?

Aliás, se você planeja visitar o Aquário Encantado, percorrerá trechos deste mesmo caminho! Então, se o Aquário Encantado estiver no seu roteiro de viagem, dá para aproveitar e visitá-lo após ir ao Boia Cross Nobres, economizando um bom tempo!

A viagem até o Boia Cross Duto do Quebó Nobres dura cerca de 45 minutos, é bem tranquilo!

Boia Cross Duto do Quebó Nobres: o que fazer

O Boia Cross Nobres é uma das atividades mais radicais e seguras de turismo.

Mas Mala Rosa, radical não é sinônimo de arriscado?

Não no caso do Boia Cross Nobres!

O que acontece é o seguinte: você fica o passeio inteiro sentado sobre uma boia circular enorme, com capacete bem preso na cabeça, colete salva-vidas e calçados próprios para a atividade. E então você desce o duto de água, passa por correntezas leves e fortes, entra em uma caverna de morcegos e sai novamente sob a luz do sol. Bem legal, né?

Agora, vamos por partes! hahaha

Assim que você chegar no Setor da Cerquinha e apresentar o voucher de entrada, receberá o equipamento de segurança: capacete, colete salva-vidas e sandálias de borracha, além de uma lanterna que será utilizada no final.

Em seguida, pegará a boia e seguirá o guia por uma trilha de 50 metros, parando nas águas do duto.

Neste momento, o guia passará todas as instruções necessárias e ajudará cada pessoa a se acomodar na boia, dando impulso para começar a aventura.

A partir de então, uma descida de 1.800 metros se inicia! É só deixar a correnteza te levar.

A maior parte do trajeto é de contemplação, mas há alguns trechos que a descida acontece a milhão.

Ah, as formações rochosas do caminho são bem firmes e servem como apoio, não tendo a chance de se acidentar durante as correntezas mais fortes.

Uma vez que o rio é raso, com 1 metro de profundidade, o risco de acidentes é praticamente nulo. Então, caso sua boia vire, basta andar até ela e sentar novamente, seguindo caminho.

É realmente tranquilo, né? Mas não deixa de gelar o sangue hahaha

Já no final, você entrará na Gruta do Duto do Quebó.

Boia Cross Nobres: o que fazer

Correnteza do Duto do Quebó. Fran Barros

Boia Cross Nobres: Gruta Duto do Quebó

No final do Boia Cross Nobres, uma gruta de 280 metros te aguarda.

Na entrada, o guia pedirá para cada visitante segurar na boia da pessoa que está na frente, não soltando até que se passe pela gruta.

E o clima de suspense fica no ar, já que o motivo disso só é descoberto quando se entra na caverna: a gruta do Boia Cross Duto do Quebó Nobres é totalmente escura, não entrando um raio de sol.

É por isso também que logo na recepção é dada uma lanterna para cada turista.

Aconselho a encolher um pouco as pernas enquanto estiver dentro da gruta para não se chocar contra as paredes internas e não chamar a atenção de alguns bichinhos (nem sempre amados) que vivem ali, como aranhas.

Mas a atração do passeio está escondida: quando a luz das lanternas chega no topo da caverna, é possível ver dezenas de morcegos pendurados.

Sim, morcegos! Costumam ficar no meio da gruta, onde é totalmente escuro. Eles são bem calminhos e inofensivos, calma! Hahaha

Em momento algum eles vão voar em você, afinal, eles têm tanto medo de nós, quanto nós temos deles.

E assim, embaixo de morceguinhos e totalmente no breu, somente com fios de luz branca, o percurso na gruta é feito.

Na saída, o guia dá um tempo para descermos das boias para tirarmos fotos, ou até mesmo entrarmos (onde ainda tem iluminação) de novo para fotografar os morcegos.

Como a passagem pela gruta marca o fim do Boia Cross Duto do Quebó Nobres, depois de poucos metros uma corda estará no meio do rio. Segurando nela, segue-se para a margem e uma escada de 20 degraus leva até uma kombi, a qual levará todo mundo, inclusive as boias, para o ponto de partida.

Gruta Boia Cross Duto do Quebó

Começo da gruta. Paula Rocha

Quanto custa o passeio do Boia Cross Nobres?

Em primeiro lugar, vale ressaltar que existem duas formas de comprar o voucher do Boia Cross Nobres: garantir o seu com a sua agência de turismo, ou comprar no local na hora, lá no Setor da Cerquinha.

Mala Rosa, tem diferença de preço?

Não, o preço é o mesmo: R$80! Equipamento de segurança e aluguel de boias já incluso.

Atenção: Crianças de 6 até 10 anos têm desconto de 50% do valor, pagando R$40.

Então não faz diferença comprar a entrada antes e na hora, Mala Rosa?

Olha, faz muita diferença, garanto!

Comprando a entrada com sua agência de turismo ou até mesmo por conta própria, mas com antecedência, você terá um horário para realizar a atividade.

Por outro lado, caso compre na hora, precisará ficar esperando ter vaga em algum grupo de passeio para te incluir. Aí já não posso dar certeza de que será fácil e rápido.

Por isso, aconselho fortemente a garantir o mais rápido possível o seu ingresso, beleza?

Embora crianças tenham desconto, o mesmo não acontece para idosos, estudantes e afins, ok? Ou seja, todos, fora crianças, pagarão o valor completo individual. E é um preço de tabela, adotado pela maioria dos lugares que oferecem boia cross.

O Boia Cross Duto do Quebó Nobres tem duração de 1h, o que é um tempo bacana. Dá tempo de parar em alguns trechos para tirar fotos e descer o rio sem pressa, aproveitando bastante.

Ah, o local também tem restaurante! Os pratos são 100% regionais, sendo o mais famoso a galinhada acompanhada da típica salada de banana. A comida é extremamente saborosa e os preços do cardápio são super em conta, na média dos R$25.

Então, anote aí:

  • Crianças (06-10 anos): R$40
  • Adultos (a partir de 11 anos): R$80
  • Almoço (não incluso no passeio): R$25

Informações gerais e normas do Boia Cross Nobres

Apesar do Boia Cross Nobres ser uma atividade que aparenta não ter restrições, existem algumas normas a serem cumpridas:

  • A primeira é que não é permitida a entrada de crianças abaixo dos seis anos de idade, uma vez que o passeio pode ser perigoso para elas;
  • Consumir alimentos durante o percurso nas águas também não é liberado. E é até estranho avisar isso, né? Com certeza alguém já deve ter feito, sujado a água e ter tido uma baita dor de barriga depois;
  • Não fume durante a trilha, na kombi ou durante o passeio no duto em si;
  • Apesar da atividade ser sob o sol, o uso de protetor solar é proibido, pois sua química pode prejudicar os peixinhos que vivem ali.

Atenção: caso possua alguma doença de pele ou semelhante, fale com o guia sobre a possibilidade de usar protetor solar biodegradável.

Além das regras, há outras coisinhas para se atentar, como o seu peso.

As boias possuem carga limite de 100 kg, então caso você pese 100 kg ou mais, avise a recepção do Boia Cross Nobres com antecedência, de preferência no ato de comprar o voucher, para garantir uma boia mais segura.

Além disso, há boias para duas pessoas, mas são em menor quantidade. Caso se interesse, lembre-se de também entrar em contato com antecedência com a recepção.

Fim da gruta.

Fim da caverna do Duto do Quedó. Larissa Pires

Dicas

Se você está decidido a visitar o Boia Cross Nobres, já aviso que certos acessórios e coisinhas a mais são indispensáveis enquanto estiver lá! Bem como alguns cuidados.

Sendo assim, confira abaixo as dicas que aprendi quando visitei o Boia Cross  Duto do Quebó Nobres. Elas super me ajudaram e podem te ajudar também:

  • Não recomendo levar aparelhos eletrônicos como celulares, que geralmente não têm bastão para segurá-los, pois pode se perder no meio de uma correnteza mais intensa. Todavia, câmeras com bastão são bem aconselhadas, principalmente se fixá-la em seu capacete;
  • Vá só com a roupa de banho e câmera para a área de passeio do Boia Cross Nobres, deixando o resto de suas coisas nos armários do vestiário que o Setor da Cerquinha tem;
  • Consulte a previsão do tempo antes, pois o passeio pode ser cancelado devido a alterações climáticas;
  • Pelo fato de o rio ser bem raso, o uso de colete salva-vidas é facultativo, mas é sempre bom usar, porque há alguns trechos que chegam a 140cm de profundidade. Dependendo da sua altura, o uso do colete é mais seguro;
  • Na época de seca, o rio fica bem rasinho, principalmente em setembro. Por isso, a correnteza é bem calma e tranquila. Então, caso queira mais emoção, com fluxos bem fortes, tente ir ao Boia Cross Nobres em época de cheia;
  • Leve dinheiro vivo, pois as máquinas de cartão vez ou outra param de funcionar;
  • A paisagem das margens do Duto do Quebó é bem verde, com vegetação riquíssima e muitos troncos cruzando o rio, então tenha cuidado para não bater em algum.

Para saber mais sobre a época de cheia e de seca em Nobres, confira o post completo sobre quando ir a Nobres.

Boia da atividade.

Boia utilizada no passeio. Paula Rocha

Vale a pena fazer o Boia Cross Nobres?

Mala Rosa, vale a pena fazer o Boia Cross Nobres?

Olha, se você está em busca de uma atividade totalmente fora da curva, num local com paisagem diferente das outras vistas em Nobres, um passeio de gelar o sangue e levantar os cabelos… O Boia Cross Nobres vale muito a pena!

Nobres é um destino turístico no qual a maioria das atrações estão na água, e certamente o Boia Cross é um dos pontos principais que precisa estar em seu roteiro.

O Boia Cross Nobres é uma atividade muito única, inesquecível, até. A sensação de frio na barriga quando se desce uma correnteza forte é indescritível!

Porém, se você não gosta de escuro e tem medo de morcegos, não aconselho a ir. Seu conforto em primeiro lugar, certo?

Por outro lado, se seu espírito aventureiro nunca dorme, o Boia Cross Nobres é um prato cheio para alimentá-lo!

Onde ficar em Nobres Bom Jardim

Se você quer ficar perto da maioria das atrações turísticas de Nobres, vá até a Pousada Bom Jardim.

Agora, se você está indo em grupo e vai percorrer Nobres e Bom Jardim, a Casa Pé de Pequi é o seu lugar.

Por outro lado, se você está em dupla ou fazendo viagem solo, siga diretamente para o Chalé Asa Própria.

Para mais informações, confira o post sobre onde ficar em Nobres e Bom Jardim

Envie um comentário