Top

Cachoeira Serra Azul Nobres

Se você está planejando uma viagem de férias ou até mesmo de fim de semana e não sabe para onde ir, que tal visitar a cidade de Nobres, no Mato Grosso? Ela é um verdadeiro paraíso do ecoturismo, repleta de maravilhas naturais! Uma delas é a Cachoeira Serra Azul, uma das principais atrações ao ar livre e que deve estar no seu itinerário de viagem!

A Cachoeira Serra Azul é de longe a mais procurada por turistas e até mesmo moradores locais, de tão linda que é! Só de saber disso, a expectativa já vai lá em cima, né? E com razão! Afinal, a Cachoeira Serra Azul é considerada a mais bela de todo o país!

Deu até vontade de ir até ela, certo? Sendo assim, veja logo abaixo todas as informações sobre ela e monte seu roteiro de viagem, porque uma das suas próximas paradas será, com certeza, a Cachoeira Serra Azul.

Aproveite e conheça outros passeios para se fazer em Nobres.

Cachoeira Serra Azul: como chegar

De antemão, preciso te alertar que se você está hospedado no centro de Nobres, precisará percorrer um bom caminho até a Cachoeira Serra Azul. Por isso, esteja preparado para passar longos minutos na estrada.

Aliás, sempre confirme antes com sua agência de turismo se há oferta de transporte até o local de seu passeio. Caso não haja e você precise ir por conta, fique tranquilo sobre o percurso, pois as agências de turismo oferecem um mapa que te orienta certinho até o local da Cachoeira, ou o próprio guia da empresa lidera o caminho de carro, e você apenas o segue. 

A Cachoeira Serra Azul está localizada na Fazenda Refúgio, na SESC Serra Azul, a 25 km do centro da Vila Bom Jardim, aproximadamente 89 km da sede de Nobres. Você pode chegar até ela por meio da MT-241, rodeando o município de Rosário Oeste.

A Vila Bom Jardim é um distrito da cidade de Nobres, como um bairro. Para saber mais sobre como chegar em em Nobres e Bom Jardim, confira o post completo clicando aqui.

Se for alugar veículo, aconselho alugar carro 4×4, porque são muitos quilômetros de estrada de terra, quase 20 km. Então se prepare para levantar poeira, enfrentar uns buracos chatinhos no meio da estrada e voltar com o carro todo sujo.

Apesar da Cachoeira Serra Azul ficar bem afastada da cidade, garanto que vale a pena ir, porque é um passeio que fica gravado para sempre na memória. Por isso, não desanime, certo?

Quando chegar no SESC Serra Azul, vá direto apresentar seu voucher e pegar os equipamentos de segurança, pois sua aventura está prestes a começar com uma trilha!

Ah, tem estacionamento no local, bem pertinho da recepção, então não se preocupe com seu veículo.

Como chegar na Cachoeira Serra Azul: entrada do SESC

Entrada do SESC Serra Azul. Paula Rocha

Cachoeira Serra Azul: trilha

Após apresentar seu voucher, os funcionários fornecem equipamento de segurança completo: colete salva-vidas, sandálias de borracha, snorkel, capacete e cordas com gancho para tirolesa.

Em seguida, o guia reúne o grupo do passeio, formado por até 25 pessoas.

E então o passeio começa! Mas não direto na Cachoeira, pois você não a vê logo de cara, sendo necessário percorrer uma trilha de 800 metros até ela.

Porém, não é uma trilha normal, em que só precisa caminhar… São 470 degraus para subir, mais caminhada!

A escadaria tem trechos bastante irregulares, com degraus de diversos tamanhos e espessuras, o que torna esta primeira parte cansativa, caso sua aptidão física não seja alta.

Atenção: antes de começar a trilha, faça alongamentos e se aqueça, porque a escada realmente não é brincadeira. Não esqueça também de ter, pelo menos, duas garrafinhas d’água na mochila, além de não subir com pressa. Caso contrário, pode passar mal, e isso acabaria com o seu dia antes mesmo de ver a Cachoeira Serra Azul. Já pensou como seria chato?

Embora este trecho pareça bastante desgastante, não esqueça de olhar ao redor: a vegetação nativa é totalmente preservada e conservada, em vários tons de verde e com muitas aves sobrevoando. Você entra literalmente no meio de um cerrado! A paisagem é simplesmente incrível!

Às vezes, você fica tão deslumbrado que até esquece o cansaço hahaha

Por fim, após o longo percurso de escada e pontes suspensas, a Cachoeira Serra Azul te dá as boas-vindas!

Escadaria para chegar à cachoeira.

Final da escadaria. Paula Rocha

A Cachoeira Serra Azul

Após a longa trilha, a Cachoeira Serra Azul te presenteia com uma queda d’água de 46 metros!

Mas antes mesmo de tocar a água, coloque o colete salva-vidas, o snorkel e o calçado de borracha. Embora você saiba nadar e esteja habituado a lagoas, rios e mares, o uso do colete é obrigatório.

Em seguida, aproveite o paraíso chamado Cachoeira Serra Azul!

Além dos 46 metros, a cachoeira é super larga, possuindo 30 metros de diâmetro! Enorme, né? E não podemos esquecer dos 6 metros de profundidade.

O fundo perto da margem e do deck é bem raso, então caso não saiba nadar muito bem, ainda pode aproveitar o passeio.

Aqui, você pode mergulhar, fazer flutuação e nadar com os diversos peixes do rio, que são agitados e inofensivos. A maioria é regional, sendo a grande parte do tipo Piraputanga.

A brisa não para de soprar e é super refrescante. A água é transparente e incrivelmente azulada! Ah, e também é em ótima temperatura (é gelada, mas não tão gelada. É simplesmente ideal!).

Em outras palavras, é o local ideal para se conectar com a natureza e esquecer o mundo lá fora. Ou seja: é o momento de relaxar.

Por outro lado, embora o passeio seja em uma cachoeira, não é permitido se aproximar muito da Cachoeira Serra Azul, tampouco nadar embaixo da queda d’água para fins de segurança.

No entanto, isso não atrapalha nem um pouco o passeio, beleza?

Ah, e uma curiosidade bem interessante da cachoeira é o fato de existir uma nascente de água quente ao lado da queda d’água. Mesmo que não seja possível se aproximar muito, dá para sentir a mudança de temperatura.

E quando o tempo de visitação acaba, a volta é de tirolesa!

Primeira visão da Cachoeira Serra Azul.

Primeira impressão da Cachoeira Serra Azul. Fran Barros

Tirolesa Serra Azul

Ao fim do passeio na Cachoeira Serra Azul, o caminho de volta é o mesmo de ida. Ou seja, é preciso enfrentar novamente os 470 degraus.

No entanto, há outra opção, caso você não queira retornar pela trilha: voltar de tirolesa!

A Tirolesa Serra Azul tem 50 metros de altura e comprimento de 700 metros, o que dá, mais ou menos, 40 segundos de percurso a 60 km/h! Parece pouco tempo, mas garanto que não é!

Nesses quarenta segundos, você vê muitos animais lá embaixo, pássaros nos ninhos, diversos tipos de árvores e, claro, a escadaria. E ela parece ainda maior vista de cima hahaha

Mala Rosa, morro de medo de altura, preciso mesmo fazer a tirolesa?

Não. A tirolesa é opcional, mas tem um custo à parte.

Em suma, há dois modos de voltar ao ponto de partida:

  • Voltar de trilha, o que inclui a escadaria;
  • Voltar de tirolesa, o que tem um preço à parte.

Recomendo a tirolesa, já que torna o passeio mais emocionante. E vale lembrar que o equipamento de segurança desta atividade também é entregue junto com os equipamentos de mergulho, lá na recepção.

Contudo, há algumas restrições, principalmente sobre peso, caso queira fazer a Tirolesa Serra Azul, assim como regras:

  • Ter, pelo menos, 25 kg;
  • Pesar, no máximo, 110 kg;
  • Não pode descer de cabeça para baixo;
  • Manter as mãos no autosseguro, na altura do rosto, um pouco abaixo ou acima;
  • Não aproximar a cabeça do autosseguro.

Informações e normas da SESC

A Cachoeira Serra Azul se tornou uma opção tão famosa no turismo que ganhou um upgrade: tornou-se uma SESC voltada para o ecoturismo e turismo de aventura!

Além do maravilhoso banho de cachoeira e do passeio de tirolesa, você pode realizar outras atividades, como o cicloturismo e o arvorismo, que são ideais para conhecer e entrar em contato com a flora do local.

No entanto, a tirolesa, cicloturismo e o arvorismo têm custo à parte, bem como são atividades que devem ser marcadas com antecedência.

Mala Rosa, quero fazer as quatro no mesmo dia: Cachoeira Serra Azul, Tirolesa Serra Azul, Cicloturismo e Arvorismo. Posso?

Com certeza! Apenas avise sua agência de turismo para adquirir o voucher que inclui as quatro atividades.

E em todas estas atividades, há presença de um guia.

Agora, muita atenção para as regras do local. Caso haja quebra de alguma, você pode ser advertido e, no pior dos casos, ser convidado a se retirar da SESC. Por isso, atente-se bem, ok?

  • Use protetor solar e repelente somente biodegradáveis para não prejudicar os animais locais;
  • Gestantes e crianças abaixo de 5 anos não fazem os passeios por motivos de segurança;
  • Proibido fumar, bem como acender fogo;
  • Não jogue lixo no chão;
  • Menores de idade (05-17 anos) realizam o passeio mediante presença e/ou autorização dos responsáveis;
  • É proibido caçar e pescar;
  • Não pratique o nudismo;
  • Não se aproxime da queda d’água da cachoeira, tampouco nade embaixo, pois há o risco de se machucar gravemente, já que a força da água é enorme;
  • O uso completo do equipamento de segurança é obrigatório, até mesmo colete salva-vidas.

Lembre-se que a SESC é área de preservação, então as regras são essenciais para manter a beleza natural e seu funcionamento, assim como o conforto de todos, certo?

Regras da SESC.

Quadro de avisos. Paula Rocha

Quanto custa visitar a Cachoeira Serra Azul?

Apesar de ser uma atividade totalmente ao ar livre, a visita à Cachoeira Serra Azul não é gratuita, beleza? Assim como a Tirolesa, Cicloturismo e o Arvorismo. No entanto, mesmo que a cachoeira seja uma das mais famosas do Brasil e as outras atividades também tenham destaque, o custo não é tão alto.

Vale ressaltar que o equipamento de segurança individual, serviço de guia e seguro de acidentes pessoais estão inclusos no valor.

Atenção: Crianças de 5 até 9 anos têm desconto de 50% do valor total. Sócios de qualquer SESC também têm desconto de 10%. Sem mais exceções, todos pagam o valor integral.

Com esses avisos, vamos aos preços integrais individuais, anota aí:

  • Cachoeira Serra Azul: R$80
  • Tirolesa Serra Azul: R$60
  • Cicloturismo: R$20
  • Arvorismo: R$50

Os quatro passeios precisam ser agendados, então nada de tentar comprar o voucher na hora, ok?

Com exceção da Tirolesa Serra Azul, a Cachoeira Serra Azul, o Cicloturismo e o Arvorismo têm duração de 50 minutos, não sendo contado o tempo de trilha. Ou seja: 50 minutos só curtindo a água da Cachoeira Serra Azul! Confesso que acho pouco tempo, mas ainda dá para aproveitar bastante!

Ah, a SESC Serra Azul também oferece almoço, mas somente com reserva. Valor fixo de R$45.

Dicas: o que levar e cuidados

Se você está decidido a visitar a Cachoeira Serra Azul, já aviso que certos acessórios e coisinhas a mais são indispensáveis enquanto estiver lá! Bem como alguns cuidados.

Sendo assim, confira abaixo as dicas que aprendi quando visitei a Cachoeira Serra Azul, elas super me ajudaram e podem te ajudar também:

  • Esteja no local com trinta minutos de antecedência do horário combinado para fazer o check-in na recepção;
  • Não dispense o protetor solar (biodegradável, claro), porque o sol é bem intenso;
  • Não leve muita coisa, pois precisará cruzar a trilha com a mochila nas costas. Por isso, carregue somente o essencial: troca de roupa, câmera, óculos de sol se gostar, toalha, calçado;
  • Capinha à prova d’água;
  • Não esqueça a garrafa de água;
  • Carregue uma sacolinha para jogar seu lixo;
  • Procure agendar sua visita entre 10h e 12h, quando o sol está mais brando e iluminando a Cachoeira Serra Azul completamente;
  • Faça sua reserva com muita antecedência, pois a SESC Serra Azul costuma ser bastante procurada;
  • Evite ir em época de cheia, pois o risco de ter o passeio cancelado é grande;
  • Consulte a previsão do tempo antes de sair e entre em contato com a SESC se houver risco de precipitação.

Confira o post sobre qual a melhor época para ir a Nobres para evitar a época de cheia.

Vale a pena visitar a Cachoeira Serra Azul?

Mala Rosa, vale mesmo a pena conhecer a Cachoeira Serra Azul?

Totalmente! Além de ser a cachoeira mais bela do país, é uma ótima oportunidade de se desligar do mundo e relaxar.

Durante todo o passeio, a paisagem vai te impressionar. Afinal, é verde que não se acaba mais! A Cachoeira Serra Azul é um paraíso escondido no meio da mata, sério.

A Cachoeira Serra Azul transmite muita paz. O som da água caindo é mágico, totalmente diferente do que ouvimos na cidade. De fato, uma visita te renova.

Também é um ótimo lugar para tirar fotos e guardar boas recordações, além de ser bom (até demais!) para se exercitar hahaha

Em todo caso, não deixe de passar por lá e me contar o que achou depois!

Cachoeira Serra Azul.

Embora a área para nadar não seja grande, é bem agradável. Neila Costa

Onde ficar em Nobres Bom Jardim

Então, considerando que a Cachoeira Serra Azul já está na sua lista de próximos destinos, que tal escolher onde ficar em Nobres Bom Jardim, pagando um preço bem bacaninha?

A Pousada Kabanas é a favorita de quem visita Nobres, oferecendo serviço de balcão de turismo e uma estrutura maravilhosa, com quartos divididos em chalés. Diárias a partir de R$220.

Por outro lado, caso você queira hospedagem com serviço de translado e proximidade da maioria dos passeios, a Pousada Bom Jardim é a escolha ideal. Diárias a partir de R$260.

Mas se você tem uma vibe caseira, a Pousada Cantinho de Casa te recebe com diárias a partir de R$170.

Confira o post sobre onde ficar em Nobres e Bom Jardim

Envie um comentário