Top

Dicas de Ollantaytambo

Esse é um destino que eu chamo de parada obrigatória em sua passagem pelo Peru, repleto de história e cultura, o post vai te dar dicas de Ollantaytambo, a cidade que é ponto de repouso para quem vai à Machu Picchu e que certamente ganhará um espaço especial em seu coração dada a riqueza das formações arqueológicas preservadas desde o período Inca.

Aproveitem as dicas, planejem bem sua viagem e desbravem a querida Ollanta.

Informações importantes do Peru

Antes de viajarmos para o exterior, precisamos saber algumas informações básicas para não passar por perrengues, certo?

Então, antes de descobrir quanto custa viajar para o Peru, confira as principais dicas sobre o Peru que você precisa saber antes de viajar.

  • Onde fica o Peru: é um país localizado na América do Sul e faz fronteira com cinco países (Equador ao norte, Colômbia a nordeste, Brasil e Bolívia a leste e Chile ao sul).
  • Capital: Lima
  • Idioma: o oficial é o espanhol, no entanto, mais de outras 40 línguas são faladas no país, incluindo quíchua e aimará.
  • Fuso horário: o fuso horário é o GMT – 5:00, a diferença entre Peru e o Brasil são de 2 horas.
  • Tomada: a maioria delas é do tipo A e B e possuem dois pinos chatos e dois redondos.
  • Voltagem: 220 V
  • Precisa de passaporte? não precisa de passaporte, apenas RG.
  • Precisa de visto? Brasileiros não precisam de visto para entrar no Peru.
  • Vacina: ao embarcar, será solicitada a carteira de vacinação contra a COVID-19 com 2 doses da vacina. Caso contrário, precisa fazer o teste PCR.
  • Moeda local: a moeda local é o Novo Sol e alguns lugares turísticos podem aceitar dólares como forma de pagamento.
  • Melhor chip de internet: Bitel
dicas importantes do Peru

Dicas de Ollantaytambo: informações sobre o Peru. Foto: Paula Rocha.

Aproveite para conhecer Machu Picchu. Clique e vejas as Dicas de Machu Picchu e Como chegar a Machu Picchu.

Onde fica Ollantaytambo

Ollantaytambo ou Ollanta  como é conhecida, é uma pequena cidade do Peru que está entre dois destinos muito procurados por turistas: Cusco e Machu Picchu.

Mais precisamente, Ollantaytambo está a aproximadamente 82 km de Cusco e a apenas 40 km de Machu Picchu.

O nome da cidade tem um significado bem peculiar e interessante, a palavra que se divide em sua formação significa Ollanta = olhar do alto e Tamboo = repouso, ou seja, a união das duas representa algo com “algum lugar de descaso para ver do alto” e põe alto nisso.

São 2792 metros acima do nível do mar, muita coisa, né?

 

6 opções de hospedagem que valem a pena em Ollantaytambo.

($) Se você quer economizar, o Hostal Valle Inca e o Las Portadas são pousadas boas e baratas.

($$) Com bom custo-benefício, o Las Orquídeas Ollantaytambo e o Hotel Humantay Lodge Ollantaytambo são confortáveis e bem localizadas.

($$$) Mas se você quer algo mais bacanudo, o Del Pilar Ollantaytambo e o SAUCE Hotel Boutique são excelentes.

-> Clique aqui e veja as melhores promoções de hospedagem em Ollantaytambo.

1. O que levar na mala para Ollantaytambo

Bom, certamente sua viagem ao Peru não vai se resumir a Ollantaytambo, aliás, é o lugar que você possivelmente só vai fazer uma pequena parada, portanto, o que levar na mala para Ica é mais um “o que levar na mala e a aproveitar o Peru todo”.

O clima em Ollantaytamboo é bem semelhante ao de Machu Picchu, portanto a mesma mala servirá para ambos os destinos.

  • Tênis e roupas confortáveis;
  • Bota típica dos trilheiros;
  • Roupas de frio, é legal levar uma mais pesada e quentinha e uma peça mais leve;
  • Touca, chapéu ou bonés também se farão úteis;
  • Protetor solar e protetor labial, afinal a fórmula da juventude tá aí, né?
  • Acessórios de frio: lucas, cachecol, e gorros (isso tudo pode ser adquirido lá mesmo com preços super acessíveis);
  • Chinelo e roupas mais confortáveis para usar enquanto estiver no hotel;

Conheça outra cidade peruana. Clique e saiba tudo sobre as Dicas de Puno.

2. Melhor época para conhecer Ollantaytambo

O clima em Ollantaytambo não costuma variar muito, tem temperaturas mais baixas ao longo de todo ano em razão de sua altitude, porém para definir a melhor época para conhecer a cidade irá depender das estações do ano.

O ano se concentra em duas estações: chuvosa e a seca.

A estação chuvosa ocorre durante o verão, logo, a partir de novembro até março a incidência de chuvas na região é maior e de fato pode ser um empecilho para conhecer a cidade, pois alguns passeios, inclusive, ficam impossibilidade de serem realizados.

A estação seca por sua vez ocorre entre os meses de maio a setembro, é também durante os meses de junho, julho e agosto que a cidade recebe mais turistas, pois está entre os meses de férias escolares de brasileiros e alguns países da Europa.

Nesta época a cidade costuma estar mais cheia e os preços costumam estar também mais elevados, mas de fato, é a melhor época para ir a Ollantaytambo, pois o índice de pluviosidade é baixíssimo e você não deixará de aproveitar sua viagem em razão das chuvas.

ollantaytambo

A cidade de Ollantaytambo no Peru – Portal dos Incas. Foto: Paula Rocha.

Veja também: melhor época para conhecer o Peru.

3. Quantos dias devo ficar?

Ollantaytambo é uma cidade bem pequenininha e muitos viajantes fazem uma rápida parada antes de seguir para Machu Picchu, mas eu recomendo que fique pelo menos um dia e uma noite por lá para conhecê-la melhor.

Além disso, ao reservar um dia inteiro na cidade será possível conhecer os sítios arqueológicos e visitar os principais pontos turísticos, além de experimentar a gastronomia de Ollanta e conhecer um pouco da cultura desse povo que vive nas alturas.

Conheça outra país incrível: Confira a melhor época para viajar para o Chile!

4. Dicas de Ollantaytambo: Como se locomover

A forma mais comum de se locomover em Ollantaytambo é de Tuc Tuc e olha, lá tem muito viu, inclusive parece uma viagem pela Índia.

A outra forma eficaz e econômica de se locomover em Ollantaytambo é a pé, pois a cidade é pequena e todos os pontos turísticos principais podem ser conhecidos na base da boa e velha caminhada.

Veja também: como se locomover em Buenos Aires: melhores meios de transporte.

5. Dicas de Ollantaytambo: como chegar

Infelizmente não existem voos com conexão direta entre Brasil e Ollantaytambo, logo a melhor forma de chegar é pegando um avião até Lima, a capital do Peru, de lá seguir de avião (forma mais rápida) até Cusco e dali seguir viagem por terra para Ollantaytambo.

Por terra, a forma mais econômica é ir de mini-van, na Esquina da Av. Grau com a Pavitos existem inúmeros veículos que fazem o trajeto de quem deseja ir por conta para Ollantaytambo e pasmem com o preço, são apenas 10 soles, ou aproximadamente R$13.

Muito barato, né?

Outa forma de chegar a cidade, é de táxi: o meio de transporte mais usado no Peru e custa em torno de R$100 e se forem os táxis coletivos, é possível pagar também apenas 10 soles por pessoa.

A viagem de Cusco para Ollanta demora em torna de 1 hora e 40 minutos.

como chegar em ollantaytambo

Como chegar em Ollantaytambo – mini van. Foto: Paula Rocha.

Veja também: como chegar a Machu Picchu.

6. Dicas de Ollantaytambo: melhores passeios

Ollantaytambo reserva bons passeios para quem faz uma parada por lá e bom, eu recomendo, pois é um destino repleto de história, sendo inclusive considerada a cidade mais preservada do Peru.

Portanto, vou dar algumas dicas de Ollantaytambo e o que fazer na cidade.

Ruínas de Ollantaytambo

Esse é principal passeio da cidade Inca, mas antes de visitá-lo é importante saber que você irá precisar ter um boleto turístico que dá acesso a inúmeras atrações de Cusco e do Vale Sagrado.

O boleto integral permite que você conheça 16 atrações, incluindo as ruínas de Ollantaytambo e custa 130 soles, aproximadamente R$156 e é válido por 10 dias.

O boleto parcial vale para apenas 4 atrações e só pode ser usado em um dia. Custa 70 soles ou R$84.

Esse “passaporte” pode ser adquirido nas agências de turismo em Cusco e os preços são tabelados.

Bom, bilhete adquirido, é hora de conhecer o conjunto arquitetônico que data deste o império Inca e conta a história por meio de suas construções.

É um passeio super bacana pelo Parque Arqueológico de Ollantaytambo, o principal passeio da cidade.

Passear pelo centro Histórico

Esse é um passeio bacana e gratuito, andar pelo centro histórico, conhecer a Plaza de Armas, os restaurantes, feirinhas e andar pelas ruas que misturam construções recentes com as que existem desde o tempo dos Incas.

Experimentar as cervejar artesanais

Logo depois de dar uma volta pelo centro histórico, você notará que existem inúmeros bares que vendem cervejas artesanais e olha, quando eu falo que são vários, são vários mesmo.

Portanto, recomendo que aproveite o tempo disponível para experimentar as cervejas produzidas na cidade.

Vale a pena e o melhor é que tudo é muito barato.

Conhecer Pinkuylluna Montain

O lugar perfeito para uma vista privilegiada de Ollantaytambo e com a vantagem de não ser um lugar tão visitado quanto o Parque Arqueológico, é também um bom ponto para ver o Templo do Sol.

O melhor de tudo é que o passeio é de graça, portanto não deixe de visitá-la.

ruínas de Ollantaytambo

Ruínas de Ollantaytambo. Foto: Paula Rocha.

7. Dicas de Ollantaytambo: Onde comer

Ollantaytambo é pequena em comparação a outras cidades turísticas no Peru, no entanto, por lá, na região central, há inúmeros bares e restaurantes que servem comidas incríveis e com preços super bacanas.

Quinua Pizzeria Ollantaytambo

Essa é uma excelente opção de onde comer em Ollantaytambo. Além de super barato, a pizza é também uma delícia.

Além da entrada com torradinhas, uma boa pizza, ainda pedimos uma jarra de suco. Tudo o que comemos saiu por apenas R$35. Muito barato, né?

Sunshine Café

Localizado bem na frente das ruínas de Ollantaytambo, há o Sunshine Café, um espaço charmoso que serve bolos, tortas, cafés e chás com preço super acessível.

Pedimos um bolo de cenoura, um alfajor e um chá e tudo isso deu R$18. Tudo muito saboroso.

El Albergue Restaurant

Este está entre os 10 melhores restaurantes de Ollantaytambo e serve comida típica peruana e internacional.

Há pratos no cardápio que custam a partir de R$35 e possuem uma apresentação impecável. Vale a pena conhecer.

Restaurante Chuspa

Outro restaurante muito bem avaliado é o Chuspa, ótima opção para quem curtiu a gastronomia peruana, no entanto, seu cardápio não contempla apenas esta cozinha, é possível também comer uma boa pizza por lá.

Os pratos possuem preços bem acessíveis e partir de R$26 já é possível viver a experiência neste lugar.

Além desses, há inúmeras outras opções no centro histórico da cidade e certamente alguma delas irá lhe permitir ter uma boa experiência gastronômica em Ollantaytambo.

Culinária Peruana

Culinária peruana – comidas típicas. Foto: Paula Rocha.

Veja também: Onde comer e beber em Buenos Aires: melhores restaurantes.

8. Dicas de Ollantaytambo: Onde ficar

Embora Ollantaytambo seja uma cidadezinha pequena do Peru, existem inúmeras opções de estadia e o melhor: os preços são imbatíveis.

É possível ficar hospedado em lugares bem bacanas gastando pouco, assim como é possível encontrar hotéis mais caros neste ponto de descanso antes de seguir viagem para Machu Picchu.

Portanto, vou sugerir algumas opções de onde ficar em Ollantaytambo. Confere aí!

Casa de Don David – Museo Lodge Ollantaytambo

A Casa de Don David oferece acomodações bem confortáveis e com preços bem acessíveis.

Equipadas com ar-condicionado, microondas, secador de cabelo e banheiro privativo, alguns possuem ainda varanda privativa.

Incluso no valor de sua diária, você poderá contemplar também um bom café da manhã.

Diárias a partir de R$175. Clique aqui e verifique a disponibilidade da casa para as datas da sua viagem.

Dicas de ollantaytambo

Dicas de Ollantaytambo – onde ficar: acomodação na casa San David. Fonte: Booking.

Tikawasi Valley

O Tikawasi Valley está super bem localizado em Ollantaytambo. A apenas 50 metros da Plaza de Armas da cidade, está é uma excelente opção de onde ficar durante sua passagem por lá.

Os quartos são delicadamente decorados e possuem uma vista magnífica para o jardim da propriedade, além disso, contempla paredes que são originais desde a época do império Inca.

Equipados com banheiro privativo e com opções para casais e famílias, a estadia oferece ainda um bom café da manhã aos hóspedes.

Diárias a partir de R$257. Clique aqui para verificar a disponibilidade do hotel para as datas da sua viagem.

Foto da galeria desta acomodação

Acomodação familiar no Tikawasi Valley. Fonte. Booking.

Uaaaau, quanta coisa, né?

Você já tinha ouvido falar dessa cidade que é realmente a porta de entrada para conhecer a história dos Incas no Peru?

Portanto, aproveitem Ollantaytambo, é incrível!

Todos os nossos artigos do Peru

Quer saber mais sobre o Peru?

Temos uma lista de artigos que podem te ajudar! Portanto, clique e confira!

Eu sou a Fran, graduada em Letras, professora de Língua Portuguesa, viajante, blogueira, dona do 🐕 Bartholomew e do insta Recalculando a Vida. Sagitariana raiz, a louca da astrologia, apaixonada por boteco, cerveja de garrafa, comida boa, sol, praia e carnaval. Bora viajar?

Envie um comentário

Viajando com a Mala Rosa