Top

O que fazer em Basel na Suíça

Antes de tudo, pra gente falar sobre o que fazer em Basel na Suíça, precisamos saber algumas informações sobre ela, não é verdade? Basel é a capital cultural da Suíça, a terceira maior cidade do país (atrás de Zurique e Genebra) e está entre as 15 cidades com a melhor qualidade de vida do mundo.

A cidade faz fronteira com a França e a Alemanha, conta com uma população de aproximadamente 170k habitantes, mas, se levarmos em consideração a região metropolitana, esse numero chega a 800 mil habitantes. Uma cidade repleta de cultura, belas paisagens e encanto. Venha descobrir um pouco mais de Basel na Suíça e se encantar junto comigo.

Basel, Suíça

É verdade que quando pensamos em uma viagem à Suíça, primeiro imaginamos suas montanhas e paisagens naturais, em vez de suas cidades. No entanto, Basel realmente merece o desvio!

Tem o charme de uma cidadezinha, mas ao mesmo tempo possui bens culturais de uma grande metrópole, além do esplêndido cenário natural às margens do rio Reno, onde você pode até dar um mergulho. Então vem comigo que eu vou te mostrar os principais pontos da cidade. 😉

Pode te interessar: O que fazer em Lucerna na Suíça

Como chegar – O que fazer em Basel na Suíça

Você pode chegar por carro, trem, avião, ônibus e bem como de barco.

  • Trem: A cidade possui inúmeras estações de trem, sendo a principal a Estação Central, conhecida como Basel SBB.
  • Avião: O EuroAeroporto é o aeroporto que serve a cidade, localizado em território francês com um enclave suíço dentro do terreno aeroportuário. Há voos das companhias aéreas low-cost EasyJet e Ryanair.
  • Ônibus: Há mitas ligações de ônibus entre Basel e muitas cidades grandes europeias como Paris, Milao, Zürich, Genebra, Frankfurt, Munique, etc. Acesse o site da empresa mais famosa, Flixbus (clicando aqui) e se surpreenda com os preços.
  • Barco: Há mini cruzeiros pelo Reno, principalmente saindo de Amsterdam.

Estação Central Basel SBB

Centro Histórico

O bonito centro histórico de Basel (Altstadt) é relativamente pequeno, mas muito, muito charmoso. Você vai adorar caminhar pelas ruas de paralelepípedos, e conforme andando, você vai parando para observar as casas antigas, muitas que datam do século 14, e as igrejas medievais.

Primeiramente - Centro historico de Basel - O que fazer em Basel na Suíça

Centro Histórico de Basel – Michel Wendling

Fontes

Em torno da Cidade Velha, você certamente não pode deixar de ver as muitas fontes coloridas – há 100 delas que ainda fornecem água potável hoje. Procure a fonte particularmente peculiar projetada pelo escultor suíço Jean Tinquely, que é uma atração popular em Basel.

O Centro Histórico é o local perfeito para começar a passear pela Basileia (Basel em português).

Prefeitura (Rathaus)

Muito surpreendente com sua fachada vermelha brilhante e pinturas nas paredes. Se você se afastar um pouco, vai poder apreciar o estilo gótico.

O edifício principal foi erguido no início dos anos 1500, assim como o relógio, projetado pelo Mestre Wilhelms. Você também pode dar uma olhada na ala esquerda e na torre alta – ambas foram adicionadas no século XIX.

O pátio também é um espetáculo para ser visto. Há uma estátua do fundador da cidade, Munatius Plancus, empoleirada na escada, e belas pinturas de parede que valem a pena ser admiradas.

Rathaus Basel

Prefeitura de Basel (Rathaus) – Michel Wendling

Catedral

Originalmente construído no século 11, o edifício foi destruído por um terremoto em 1300 e foi reconstruído no estilo gótico que você vê hoje. Em 1500 o altar e alguns dos acessórios foram danificados durante uma invasão. Entretanto, alguns dos tesouros foram recuperados e agora estão em exibição no museu.

Para ler também: O que visitar em Lausanne – 7 principais atrações

Interior e terraço

Inesperadamente, no seu interior é possível observar esculturas modernas do artista plástico Tony Cragg, que combinam muito bem com a arquitetura religiosa do local.

Portanto vale a pena parar para dar uma olhada nas esculturas de pedra românicas na porta de São Galo, onde você verá uma representação de Cristo, junto com Pedro e Paulo e ir ao terraço de onde se tem uma bela vista do Reno e da cidade.

Em seguida: Catedral de Basel

Catedral de Basel – Fonte: Google – Michel Wendling

Museus

Com um total de 40 museus, Basel tem a maior densidade de museus da Suíça. Nesse ínterim, todos os anos, em meados de junho, também se torna a capital mundial da arte contemporânea com a realização da Art Basel, a maior feira de arte moderna e contemporânea do mundo.

Um dos museus mais famosos é a Fundação Beyeler, que apresenta uma coleção de 200 obras de arte incluindo Monet, Cézanne, assim como Picasso, Warhol… O prédio foi projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano e apresenta uma bela harmonia entre arte, arquitetura e natureza com o jardim e os campos envolventes.

O Reno

Basel não fica muito longe das nascentes do Reno e, portanto, a qualidade da água é boa o suficiente para a natação. O povo da Basileia não se priva disso e alguns nadam o ano todo, embora o verão ainda seja o período mais favorável.

Uma atividade divertida de verão no Reno é flutuar rio abaixo segurando um Wickelfisch, uma bolsa impermeável em forma de peixe que funciona como um dispositivo de flutuação. Ademais de ser bem divertido, é uma forma popular de se refrescar em um dia quente de verão.

Dica do Micha: você pode comprar um saco à prova d’água (Wickelfisch) no posto de turismo de Basel por 30 CHF.

O que fazer em Colmar na França

Barco sem motor?

Das muitas coisas para fazer em Basel, às vezes as coisas simples são as melhores! O Rio Reno é uma amostra da cidade e fornece um meio de transporte interessante para os habitantes locais e visitantes.

A correnteza rápida pode transportar pequenos barcos, conhecidos como Fähri, através do rio sem qualquer propulsão. Os barcos – que não tem motor – usam a corrente natural do rio para cruzar de uma margem a outra e são um meio de transporte popular.

Eventualmente você também pode aproveitar os cruzeiros de ida e volta ao longo do Reno ou um cruzeiro pelo porto ao redor do Triângulo Fronteiriço, onde a Suíça, a Alemanha e a França se encontram.
Barco Rio Reno

Basel Zoo

Ao propósito, Basel tem um grande zoológico, fundado em 1874, conhecido como Zolli pelos habitantes locais.

No zoológico, há muitos animais para ver, incluindo macacos, pássaros, répteis e carnívoros. O recinto do leão oferece uma chance de ver esses predadores poderosos de perto e pessoalmente.

Veja o valor dos ingressos abaixo:

  • Adulto de 25 a 61 anos: 21CHF (R$119)
  • Jovens de 16 a 24 anos: 15CHF (R$85)
  • Crianças de 6 a 15 anos: 10 CHF (R$57)
  • Seniors (A partir de 62 anos): 19CHF (R$108)

Você pode comprar o ingresso clicando aqui.

Mercados de Natal

A cidade tem um charme muito especial na época do Natal. Os pitorescos mercados de Natal podem ser encontrados na Barfüsserplatz e na Münsterplatz, bem no centro da cidade e no coração do Centro Histórico festivamente decorado.

A cidade ganha vida com alegria festiva com as luzes cintilando acima da Cidade Velha e os aromas de castanhas assadas e pão de especiarias invadem o ar para um clima ainda mais natalino. Em suma: não perca essa atração natalina da cidade.

Todavia Mercado de Natal em Basel

Mercado de Natal em Basel – Fonte: Basel Tourismus – Michel Wendling

Barfüsserplatz

Aqui você encontra de tudo para a época mais linda do ano. A vista em frente à Barfüsserkirche estende-se pelos telhados brancos das bonitas bancas do mercado.

Münsterplatz

Em seguida, mas não menos importante, em frente à histórica catedral está uma das praças mais bonitas de Basel, que é mais primorosamente decorada na época do Natal.

Esse que é o principal mercado de Natal de Basel, na Münsterplatz, ao lado do Minster, também é o maior e mais antigo da Suíça, com mais de 180 barracas que vendem seus produtos.

Outro destaque do Natal em Basel é a gigantesca árvore de Natal adornada com enfeites feitos pelo artesão local, Johann Wanner.

O que comer em Basel?

Basel é uma cidade cosmopolita, multicultural. Uma vez na cidade, não deixei de experimentar uma das especialidades suíças como o Rösti, Raclette ou Founde de queijo.

Uma escapada gastronômica fantástica em Basel é o Markthalle. Sob a cúpula histórica do antigo mercado coberto, agora existem muitas barracas de comida com pratos diversos e variados de todo o mundo, bares e uma loja de produtos orgânicos.

Endereço: Markthalle Basel, Viaduktstrasse 10, 4051 Basel

Tríplice fronteira – O que fazer em Basel na Suíça

A cidade de Basel faz parte de um triângulo das fronteiras. Ela tá na divisa com Saint-Louis na França região da Alsácia e Weil am Rhein / Lörrach na Alemanha. Há linhas de trem, trem e ônibus conectando os 3 países.

Pode te interessar: Moedas da Europa: quais são e quais usar?

Basel – Saint Louis (França)

Saindo de Basel até Saint-Louis você pode pegar:

  • Linha 3 do tramway (da rede Suíça) no Centro de Basel que vai até a estação de Saint-Louis, e que conta com mais 3 estações dentro do território francês;
  • O trem TER da companhia de trens franceses SNCF que sai da estação Central (Basel SBB) com destino a Strasbourg, mas a primeira parada é em Saint-Louis;
  • Linha 604 do ônibus azul da companhia também francesa (distribus) que sai de Basel Schifflände.
Saint-Louis, Alsácia, França

Saint-Louis, Alsácia, França – Saint-Louis, Alsácia, França

Basel – Weil am Rhein / Lörrach

Saindo de Basel até a Alemanha, cidades de Weil am Rhein ou Lörrach, você tem as seguintes opçôes:

  • Linha S6 do trem da companhia suíça SBB/CFF/FFS saindo da estação central (Basel SBB) – Há conexões com alguns trens alemães também (DB);
  • Linhas 3 e 16 de ônibus, também de uma companhia suíça (Swiss Post) saindo de Riehen;
  • Linha 8 do tramway da rede suíça, saindo do Centro de Basel.
Lörrach, Alemanha

Lörrach, Alemanha – Michel Wendling

Tickets

Existe um ticket de 24h ilimitado que te dá acesso aos sistemas de transportes dos 3 países. Eles se chamam “Ticket TriRegio” e tem 2 versões:

TriRegio – Custa 22CHF (R$124)

  • Alemanha: distrito inteiro de Lörrach, área RVL (trem / ônibus)
  • Suíça: Noroeste da Suíça, toda a área TNW, todo cantão de Baselland, incluindo trens da SBB/CFF/FFS
  • França: estações SNCF entre Basel SBB e Mulhouse, bem como toda a área coberta pelo Distribus (aglomeração de Saint-Louis).

Triregio mini – Custa 10,50CHF (R$62)

  • Alemanha: zonas RVL 1, 2, 3 e 8 (trem / ônibus – Inclue cidade de Lörrach)
  • Suíça: zonas TNW 10, 11, 13, 14, 15 e 40 (Swiss Rheinfelden – Cidade de Basel)
  • França: a rota SNCF de Basel SBB a Bartenheim, bem como toda a área coberta pelo Distribus (aglomeração de Saint-Louis).
Tramway Basel

Tramway passando pelo Centro de Basel – Michel Wendling

Onde se hospedar em Basel?

Agora que você ja viu essas dicas preciosas de Basel, provavelmente deve estar se perguntando onde ficar na cidade. Eis que o Micha aqui vai te dar mais algumas dicas, dessa vez de hospedagem. 🙂

SIMPLES, MAS CONFIÁVEL. $$

O Ibis é o conhecido queridinho de todo mundo, com seus quartos padrões e preços baixos, o hotel está sempre lá atendendo as nossas necessidades.

Então o IBIS BUDGET BASEL CITY é uma boa opção de estadia, e está localizado no centro, bem próximo à Estação Central da cidade.

  • Diária para 2 pessoas a partir de 80CHF/73€.

HOTEL $$$

Se ao mesmo tempo você prefere juntar conforto, praticidade e economia, o NOVOTEL BASEL CITY é uma excelente opção. Quartos confortáveis, modernos e super equipados. Além de uma excelente localização

  • Diária para 2 pessoas a partir de 120CHF/110€.

LUXO $$$$

Porém, desde que dinheiro não seja um problema e você goste de luxo, o GRAND HOTEL LES TROIS ROIS é uma excelente opção.

Hotel de luxo em Basel super bem avaliado, com diversas facilidades e no coração histórico da cidade. Além de contar com uma vista incrível para o Rio Reno.

  • Diária para 2 pessoas a partir de 600CHF/550€.

Do mesmo modo, aconselho você a acompanhar os meus outros artigos e avaliações de voo abaixo e descubra mais lugares e companhias aéreas pitorescas.

Por outro lado, você também pode acompanhar mais dicas e como é a vida na Europa através do meu Instagram @michelrwendling.

Danke vielmals! (Muito obrigado em suíço alemão)

 

post a comment