Top

Como é voar com a SWISS na classe executiva em 2021

Grüzei und Willkommen an Bord dieses Fluges von der  Swiss (Olá e bem-vindos a bordo desse voo da Swiss – em Alemão Suíço). Antes de tudo eu sei bem que a escolha da companhia aérea, muitas vezes, é difícil. Hoje vou ajudar um pouco, mostrando como é voar com a Swiss na classe executiva em 2021 entre Zürich e Säo Paulo, a bordo do moderno Boeing 777-300ER da companhia.

Apertem os cintos e vamos aos dados do voo:

  • Companhia aérea: Swiss
  • Voo: LX92
  • Trecho: Zürich (ZRH) – São Paulo (GRU)
  • Duraçäo: 12h05
  • Partida de ZRH: 21h50*
  • Chegada em GRU: 05h55*
  • Aeronave: Boeing 777-300ER
  • Assento: 10K
  • Data do voo: 23/01/2021
  • *Horário local

Compra da passagem

Em primeiro lugar é importante saber onde comprar o bilhete. A compra da minha passagem foi efetuada diretamente no site da companhia que, por sinal, é muito intuitivo. Compre ou faça uma simulação aqui.

Você não encontrará muita dificuldade para finalizar a compra do teu bilhete. Contudo, atente-se ao tipo de tarifa, já que a companhia adota alguns tipos diferentes.

Ou seja: Na econômica são 4 (Light; Economy Saver; Economy e Economy Flex), e cada uma com algumas características diferentes. A tarifa Light, por exemplo, só te dá direito a bagagem de mão.

Na Executiva são 2 tipos de tarifas: Business e Business Flex (ambas igualmente dão direito a malas despachadas, a diferença é só na questão do reembolso).

E, por fim, a Primeira Classe, que conta só com 1 tipo único de tarifa, a “First”.

Acesso ao aeroporto

O aeroporto fica na região metropolitana de Zürich, porém tem fácil acesso desde o Centro da cidade. Há ligações diretas com algumas linhas de ônibus, tram (linhas 10 e 12)  e trem (S2; S16 e S24). O trajeto de tram desde a Zürich Hauptbahnhof (Estação Central) dura entre 30 e 40 minutos e de trem entre 10 e 15 min.

Tickets custam 3,40CHF (Aprox R$21) – Você pode comprar o ticket de forma antecipada aqui.

Taxi e Uber também estão disponíveis na Cidade. O trajeto de Uber custa aproximadamente 30CHF (R$182). Eventualmente, o trajeto de Uber ou taxi será o mais rápido, mas não o mais econômico.

Veja também: Aeroporto de Porto Seguro – como chegar.

Check-in e Lounge

A princípio, para voos internacionais (fora da Zona Schengen) a Swiss recomenda chegar ao aeroporto com 3 horas de antecedência. Passageiros da Business Class tem acesso a uma zona exclusiva de check-in e de controle de segurança.

Passando esse controle, você pode procurar nas placas informativas onde está localizado o Lounge da companhia. Todos os passageiros da Business também tem acesso ao Lounge, que conta com cadeiras confortáveis, chuveiros, computadores, comidas e bebidas à vontade…

Legal, né?

Assim você já vai criando uma ideia de como é voar com a Swiss na classe executiva em 2021. Porém, detalhes do lounge vamos deixar para um segundo post.

 

Como é voar com a Swiss - Aeroporto de Zürich

Aeroporto de Zürich – Michel Wendling

Importante: Passaporte para crianças.

Embarque

Clientes da Business tem o embarque prioritário logo após os clientes prioridades por lei e da Primeira Classe.

Desde o dia 30 de dezembro de 2020 o Governo Brasileiro exige um teste PCR negativo do coronavirus para entrar em território nacional, não importando se você é brasileiro ou estrangeiro.

Algum tempinho antes do embarque, funcionários da Swiss convocam os clientes do voo para GRU para efetuar o controle do teste negativo, que deve ser efetuado até 72h antes do horário do embarque. Não adianta argumentar que você é brasileiro e está retornando ao Brasil. Sem teste o embarque é negado.

Aliás, passageiros voando na classe executiva, assim também como no embarque, tem uma fila prioritária para esse controle.

Atenção! O preenchimento de um formulário da Anvisa (Declaração de Saúde do Viajante) também é obrigatório para acessar o território Brasileiro. Complete aqui o seu formulário.

 

Como é voar com a Swiss - B777

Boeing da Swiss – Michel Wendling

Cabine da Classe Executiva

A aeronave escalada para o meu voo foi o moderno Boeing 777-300ER que já conta com a nova cabine executiva da Swiss. Com um design super refinado e delicado, a cabine é dividia em 1x2x2 ou 2x2x1. E você deve estar se perguntando o porquê dessa poltrona solitária. Pois bem, se trata do “Throne seat”, um assento que te dá mais privacidade. Contudo, a Swiss cobra uma taxa especial caso você reserve esse assento antecipadamente. Mas calma! Em contrapartida, você pode tentar a chance na hora do check-in online (aberto 24h antes do horário da partida) e reservar o assento gratuitamente. Eu consegui!

Na poltrona já tinha uma garrafa de água, fones de ouvido, amenity kit, travesseiro, cobertor e o menu do jantar junto com a carta de vinhos. E todos os passageiros são recepcionados com um drink de boas vindas. Eu escolhi o champanhe, claro.

Business Cabin

Cabine da classe executiva – Michel Wendling

Welcome drink

Decolagem e jantar (Como é voar e comer na Swiss em 2021)

A decolagem ocorreu às 22h20, ou seja, com um leve atraso de 30 minutos. Embora esses minutinhos, nada que o comandante não pudesse recuperar… Mais na frente vocês vão perceber decerto que até chegamos um pouco antes do horário previsto.

Cerca de 45 minutos após a decolagem, a tripulação deu inicio ao serviço do jantar. Préparez-vous (preparem-se), porque já digo de antemão que vocês vão ficar com água na boca.

AMUSE-BOUCHE

Ao propósito, houve algumas alterações recentes no serviço da Business da Swiss (pra melhor). O aperitivo deu lugar ao “amuse-bouche”. No meu voo foi um canapé com queijo, tomate e ovo. Fantástico!

Como é voar com a Swiss

Amuse-bouche – Michel Wendling

ENTRADA

A entrada foi um tataki de entrecosto e chutney de mostarda, salada de beterraba e pera com blue cheese.

Voar na Swiss

Entrada – Michel Wendling

PRATO PRINCIPAL

Bife brisket grelhado (peito bovino) ao demi-glace, purê de batata doce e legumes. Tão bom que quase passei a língua no prato, mas mantive a classe. Hahaha

serviço de jantar

Prato principal – Michel Wendling

SELEÇÃO DE QUEIJOS SUÍÇOS

Uma seleção de queijos suíços Brie e Gruyère estavam à disposição. Eu recusei e, assim sendo, fui direto para a sobremesa.

SOBREMESA

Merengue de limão yuzu (japonês) com creme duplo de gruyère. Uma verdadeira perdição. MA RA VI LHO SO!

Swiss - serviço de jantar

Sobremesa e chá – Michel Wendling

CAFÉ E/OU CHÁ

Uma variedade de cafés e chás estavam igualmente à disposição durante ou depois da sobremesa.

Sistema de Entretenimento

O sistema de Entretenimento da Swiss é muito bom, com uma grande variedade de filmes, séries, documentários, músicas, jogos e, claro, o mais queridinho de todos: o mapa interativo do voo.

A aeronave conta com wifi a bordo. Ou seja, é possível navegar enquanto se voa. Os preços variam entre 9CHF e 59CHF (R$55 a R$356 aproximadamente).

 

Travessia do Atlântico e voo (voar com a Swiss)

O voo foi bem tranquilo, assim como a travessia do atlântico, salvo algumas turbulências moderadas (completamente normal, sobretudo quando estamos atravessando o atlântico). Turbulências fazem parte da viagem e não representam ameaça para a segurança do voo.

A aeronave é super moderna e confortável, dormi por 7 horas seguidas.

Caso você sinta aquela fome da madrugada, alguns snacks estão disponíveis na galley ou você também pode solicitar a um dos comissários.

Voando na Swiss - poltrona

Poltrona da classe executiva – Michel Wendling

Café da manhã

Logo após o embarque, a tripulação distribui um formulário com uma vasta opção de delicias para o café-da-manhã, que deverá ser preenchido e entregue a um dos comissários em seguida.

Eu escolhi: Suco de laranja; Cappuccino, chá preto; croissant; brioche; uma opção de pâtisserie e também o café inglês (que é a opção quente) que é composto por um prato quente a base de ovo.

Voando Swiss - Serviço café

Café-da-manhã – Michel Wendling

Chegada e desembarque (voar e chegar com a Swiss)

Às 05h10 (horario local do Brasil) começamos a descida para pouso no Aeroporto Internacional Gov. André Franco Montoro em Guarulhos, São Paulo. O pouso aconteceu às 05h40, ou seja, 15 minutos antes do horário previsto. Well done, captain.

O desembarque ocorreu de maneira bem organizada. Com o propósito de respeitar o distanciamento social, o desembarque foi efetuado por fileiras.

Ressalto que o uso da máscara é obrigatório durante toda a duração do voo e nos aeroportos.

Voando Swiss - pouso

São Paulo Michel Wendling

Avaliação final

Com toda a certeza, a Swiss é uma excelente companhia aérea, uma das melhores da Europa, e que está sempre preocupada com a segurança, conforto e bem-estar dos seus clientes. Voar na classe executiva deles vale cada centavo.

Os (as) comissários (as) foram extremamente gentis e agradáveis. Os serviços foram excelentes e muito saborosos. Em suma, a Swiss é uma excelente opção para se voar entre o Brasil e a Europa e vice-versa.

Espero que vocês tenham gostado dessa avaliação de como é voar com a Swiss na classe executiva em 2021.

Agora que você já sabe que é mara, só acessar o site da companhia e reservar o seu próximo voo!!

 

Do mesmo modo, aconselho você a acompanhar os meus outros artigos abaixo e descubra mais lugares pitorescos.

O que visitar na região da Alsácia na França.

Melhor época para ir a Estrasburgo

Melhor época para viajar para a Suíça: quando ir

O que fazer em Estrasburgo – 10 atrações imperdíveis 

Como é voar na executiva da Qatar

O que fazer em Lucerna na Suíça – 5 atrações imperdíveis

O que fazer em Colmar na França – principais atrações 

Por outro lado, você também pode acompanhar mais dicas e como é a vida na Europa através do meu Instagram @michelrwendling.

Vielen Dank und bis nächstes Mal. (Obrigado e até a próxima).

post a comment