Top

Praias de Jericoacoara

A Vila de Jericoacoara, mais conhecida somente como Jericoacoara, é um povoado litorâneo cearense, parte do roteiro da Rota das Emoções e lar de passeios incríveis. E entre tudo o que há para fazer na vila, as praias de Jericoacoara ganham destaque, e você não pode deixá-las de fora! Por isso, confira neste post as melhores praias de Jericoacoara e se apaixone por esse paraíso escondido no Ceará.

Aqui, você encontrará tudo o que precisa saber sobre os mares de Jericoacoara, desde localização, quando ir, onde ficar e onde comer nas praias principais da vila e proximidades. Portanto, já esteja pronto para atualizar seu roteiro, certo?

Ah, além das praias, que tal conhecer as dunas mais famosas de Jeri e outros pontos famosos e lindos, como o Buraco Azul? Olha, garanto que são paradas obrigatórias!

Aliás, não deixe de conferir o post completo sobre o que fazer em Jericoacoara.

Então, sem mais delongas, confira as praias de Jericoacoara e muito mais logo abaixo.

Praias de Jericoacoara: Praia Principal

Assim como o nome, esta praia é a principal da Vila de Jericoacoara, pois está bem próxima ao centro da vila, sendo uma das mais visitadas e conhecidas. Sem dúvidas, você conhecerá a Praia Principal quando visitar Jericoacoara!

A água do mar é bem azul e a areia bem clara, então mesmo se tiver bastante gente na praia, ela ainda terá um visual incrível! Além disso, a Praia Principal é enorme, e durante a maré baixa tem bastante espaço de areia. Então não se preocupe com superlotações ou com barraquinhas de comida ou de aluguel de guarda-sol, pois é o que mais tem.

Aliás, muitos hotéis e pousadas estão à beira da praia, logo, se você estiver hospedado em algum, terá uma ótima vista do mar. E não podemos esquecer dos restaurantes que também possuem uma linda vista, fazendo com que o horário de almoço seja melhor ainda. Afinal, não tem coisa melhor do que unir comida boa e praia, né?

Aproveite e conheça: outro fator que fez essa praia ficar tão famosa é o fato das Dunas do Pôr do Sol estarem ali. Isso porque as dunas têm uma localização privilegiada, permitindo um fim de tarde perfeito com a visão do pôr do sol sobre a água. É possível visitá-las depois dos passeios ou ir por conta própria, já que seu acesso é livre.

Embora a paisagem que as dunas dão seja incrível, sua subida é um pouco cansativa, principalmente se for o último percurso do dia após um passeio. Portanto, respire fundo antes de começar a subida, esteja com chinelos confortáveis e não esqueça os óculos de sol.

Praia Principal de Jericoacoara.

Praia Principal. Fran Barros

Onde ficar na Praia Principal

Uma vez que a Praia Principal é uma das mais conhecidas de Jericoacoara, os hotéis e pousadas mais famosas da região também estão nesta área. O Essenza Hotel, por exemplo, é o hotel mais famoso da Vila de Jericoacoara, com piscinas nas varandas dos quartos e visão privilegiada da praia. Para se hospedar nele, verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Outra opção bastante popular e ótima para famílias é a Vila Karango, com decoração rústica e elegante, com vista para o mar e acomodações em formato de cabanas. Verifique aqui a disponibilidade da pousada e diárias.

Por outro lado, caso queira uma opção mais econômica e ainda muito confortável, a Pousada Pôr do Sol é uma ótima escolha. Verifique aqui a disponibulidade e diárias.

Confira o post completo: Onde ficar em Jericoacoara

Onde comer na Praia Principal

Se você quiser fazer uma refeição em frente a praia com uma linda vista do mar, o Club Ventos é uma boa opção, pois é um beach club espreguiçadeiras, bar e restaurante. Além disso, o Club oferta aulas de kitesurf e windsurf.

Outra opção é o restaurante Naturalmente, que tem como prato principal o crepe, com diversos sabores típicos.

Por outro lado, caso queira ter um bom jantar após passar o dia na praia, recomendo o Rústico e Acústico, especializado em frutos do mar e dispondo de música ao vivo.

Praias de Jericoacoara: Praia do Preá

A Praia do Preá está localizada no vilarejo de Preá, ao lado da Vila de Jericoacoara, a apenas 12 km de distância. Aliás, caso tenha a pesca como hobbie, aconselho a visitar Preá, pois é o lar dos pescadores e eles oferecem aluguel de barcos de pesca com preços bem bacaninhas. Porém, isso faz com que Preá seja mais pitoresco do que a Vila de Jericoacoara, sendo menos estruturado. Mas vale a pena conhecer, pois o vilarejo é uma graça!

Por sua vez, a Praia do Preá é extremamente famosa devido à quantidade e tamanho das dunas, bem claras e macias. Além disso, o mar é bastante extenso e com águas cristalinas, criando assim um belo cartão-postal.

Embora famosa, a Praia do Preá não possui tantas barraquinhas, mas em contrapartida, tem muitas opções de hospedagem à beira mar e restaurantes ótimos, com sabor local.

E assim como a Praia Malhada, a do Preá é outro paraíso dos praticantes de kitesurf e windsurf, uma vez que os ventos são fortes, até mais fortes do que é na Praia Malhada.

Geralmente, os passeios passam rapidamente pela Praia do Preá, então aconselho a separar um dia para aproveitar com calma tudo o que ela oferece.

Praia do Preá, ao lado de Jericoacoara.

Praia do Preá. Fran Barros

Onde ficar na Praia do Preá

Se a Rua Principal tem o Essenza Hotel, a Praia do Preá tem o Preabeach Villas, um hotel de luxo com spa, vista para o mar e excelente estrutura, além de ser muito elegante. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Agora, se você quer algo mais simples, mas ainda elegante, o Rancho do Peixe é um excelente lugar, com restaurante e acomodações em bangalôs. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Porém, se quer economizar sem perder o máximo de conforto e estrutura, recomendo a Villa Sabiá Eco Bungalows, que é própria para famílias e excelente área externa, com total contato com a natureza. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Onde comer na Praia do Preá

A maior parte dos restaurantes ficam na orla da praia, como a Barraca da Monica, um estabelecimento com porções bem servidas a bom preço.

Porém, caso prefira lugares mais calmos, recomendo o Restaurante da Lu, que oferece pratos regionais, frutos do mar e massas. Aliás, tem música ao vivo pela noite, tornando o ambiente bastante agradável, ainda mais pelo mar calmo na frente.

Não deixe de conferir: Onde comer em Jericoacoara

Praia do Guriú e o Mangue Seco

A Praia do Guriú é conhecida por abrigar o Mangue Seco, um grande atrativo turístico do Ceará, mais especificamente em Camocim.

Camocim é um município ao lado da Vila de Jericoacoara, com muitos roteiros de passeios que cruzam os dois lugares. 

Dica: antes de fechar passeios em Jericoacoara, visite Camocim e busque pelos mesmos passeios, pois por Camocim ser menos conhecido do que Jericoacoara, os preços tendem a ser mais baixos e os roteiros são os mesmos.

À primeira vista, a Praia do Guriú aparenta ser um lugar abandonado devido à sua paisagem: árvores grandes e secas, com galhos acinzentados que se enroscam uns nos outros.

Entretanto, Guriú é um local muito bem preservado, com areia clara e limpa, dispondo de muitas barraquinhas charmosas e rústicas. Aliás, há muitos estabelecimentos com camping, dispondo de redes e espreguiçadeiras confortáveis. 

Além disso, a Praia do Guriú tem bastante sua estrutura, até mesmo com redes entre as árvores secas, fora os balanços, que viraram o ponto favorito dos visitantes. Ah, também é possível fazer passeio de buggy e relaxar em casinhas em cima de árvores, como aquelas que sempre vimos em filmes. Bem legal, né?

Mangue Seco, Camocim.

Área do Mangue Seco de redes. Fran Barros

Onde comer na Praia do Guriú

Embora a Praia do Guriú seja uma praia menor e com pouco movimento, seus restaurantes são excelentes, como o disponível no Casa UCA, um hotel que tem restaurante aberto para os visitantes da praia. Mas, por ser parte de hotel, seu cardápio é bastante refinado e tem melhor custo benefício se você estiver com mais uma ou duas pessoas.

Por outro lado, caso a simplicidade seja o seu forte e esteja querendo economizar, mas sem abrir mão de bons pratos, recomendo a Barraca do Didi, especializada em frutos do mar e pratos regionais.

Praias de Jericoacoara: Praia Malhada

A Praia Malhada está próxima à Praia Principal, mas é menos movimentada e possui uma estrutura menor, como diminuição no número de barracas. No entanto, longe disso ser um problema! Afinal, a Praia Malhada é o paraíso de quem busca tranquilidade.

Além de ser o alvo dos viajantes que buscam por paz, a Praia Malhada é também muito utilizada por surfistas e praticantes de kitesurf e windsurf, já que o vento desta área é ótimo para essas práticas. Por isso, existem clubes de aluguel de equipamentos e ofertas de aulas dos esportes.

Não deixe de conhecer também a Praia do Coqueiro, parte do roteiro da Rota das Emoções.

Esportes aquáticos em Jericoacoara.

Kitesurf na Praia Malhada. Paula Rocha

Praia das Conchas e a Pedra Furada

A Praia das Conchas é popularmente conhecida por abrigar a Pedra Furada, a principal atração da região. Por isso, a praia em si é bem vazia, sendo o maior fluxo onde está a Pedra Furada, que é uma rocha enorme e, como diz o nome, tem um “furo” no meio, uma fenda, semelhante a um portal.

Por sua vez, a Pedra Furada é bastante interessante, principalmente por ter sido criada naturalmente, sem intervenção humana. E isso fez dela um dos principais cartões postais de Jericoacoara.

Dica: Para chegar até a Pedra Furada é preciso realizar uma caminhada de 1 km a partir da praia. Portanto, lembre-se de estar com sandálias ou chinelos confortáveis e de levar óculos de sol.

A Praia das Conchas inteira é rodeada por pedras, todas das mais variadas formas e tamanhos. Por outro lado, por estar cheia de rochas, não há muitas barracas ao longo da areia, pois a praia em si não é o destino final dos visitantes. Mas mesmo assim, não deixe a Praia das Conchas fora do roteiro e tome um banho de mar nela antes de seguir caminho, certo?

Praias de Jericoacoara: Praia da Vitória

A Praia da Vitória está localizada próxima à Praia das Conchas, e dependendo do passeio, é possível passar por ela se a Pedra Furada estiver no roteiro.

A praia, no entanto, não é muito utilizada devido à pouca extensão de areia, pois a área é majoritariamente ocupada por pedras.

Porém, ainda vale a pena a visita! Mesmo não possuindo uma atração turística tão atraente quanto a da Praia das Conchas, as rochas ali dispostas criam uma paisagem ótima para fotos. Além disso, para chegar até ela é preciso passar por uma trilha, e a aventura vale a pena, criando um roteiro de passeio bastante animado.

Lagoas de Jericoacoara

Além das praias de Jericoacoara, a pitoresca vila também é lar de lagoas incríveis, tão lindas quanto as dos Lençóis Maranhenses. Entre elas, destacam-se (e recomendo muito a visita) três: a Lagoa do Paraíso, a Lagoa Azul e a Lagoa da Tatajuba.

Sendo assim, saiba mais sobre cada uma logo abaixo.

Lagoas de Jericoacoara: Lagoa do Paraíso.

Lagoa do Paraíso

Sendo uma das atrações mais famosas de Jericoacoara, a Lagoa do Paraíso é a lagoa mais azul da região, com água azul claro e azul escuro, que se mesclam durante toda a extensão do canal.

Ela se assemelha muito com praia por ter dunas clarinhas, assim como as margens, e realmente dá uma confusão quando chegamos lá. Diferente, né?

Aliás, a estrutura da Lagoa do Paraíso é excelente: opções de restaurantes para todos os bolsos, redes na água, mesas nas margens e área preservada e limpa. Literalmente, um paraíso!

Ah, é um ótimo lugar para levar as crianças, pois a corrente da água é bem calma e tem bons metros de fundo raso, sendo possível aproveitar bastante sem medo.

Praias de Jericoacoara e Lagoas de Jericoacoara.

Jack aproveitando a Lagoa do Paraíso no Alchymist. Paula Rocha

Onde ficar na Lagoa do Paraíso

Embora a maior parte das hospedagens fiquem na Vila de Jericoacoara, existem também algumas na Lagoa do Paraíso, como a pousada Paraíso Natural, com quartos confortáveis e acesso direto para a lagoa. Aliás, também possui restaurante e bom custo-benefício. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

A Pousada Chez Loran também é uma boa opção, dividida em 12 chalés que abrigam até três pessoas, além de ter área externa com piscina, quadras de vôlei e acesso para a Lagoa do Paraíso. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Todavia, se o orçamento está apertado e quer economizar, a Pousada Caminho do Paraíso é uma boa pedida. Embora não esteja à beira da Lagoa do Paraíso, está próxima, sendo possível ir a pé. Verifique aqui a disponibilidade e diárias.

Onde comer na Lagoa do Paraíso

O Alchymist Beach Club é o restaurante e bar mais conhecido da Lagoa do Paraíso, com áreas vips, redes sobre as águas, sofás na areia, espreguiçadeiras e com muitos pontos propícios para boas fotos. No entanto, devido à grande estrutura, é cobrada uma taxa de entrada de R$20, além do custo opcional se desejar usar a área vip. O comer e beber também pesam um pouco no bolso, então se prepare para gastar mais aqui.

Por outro lado, também temos a Barraca do Tião, que está ao lado do Alchymist Beach Club e é igualmente confortável, com espreguiçadeiras, camping, redes sobre as águas e comida excelente.

A diferença, entretanto, está no preço: é mil vezes menor do que no Alchymist, além das porções serem mais bem servidas. Em um almoço completo para quatro pessoas, por exemplo, o preço é de R$60. Bem em conta, né?

Conheça Parnaíba Piauí, um paraíso ao lado do Ceará.

Lagoa Azul

A Lagoa Azul é um daqueles lugares que deixam a gente de queixo caído e com vontade de fazer morada.

Em tese, a Lagoa Azul é a mesma da Lagoa do Paraíso, pois as duas fazem parte da grande Lagoa de Jijoca. Porém, elas ficam em áreas diferentes, de lados opostos da imensa Lagoa de Jijoca. Além disso, a Lagoa Azul possui menos movimento, assim como menos opções de restaurantes. Contudo, isso não é problema, pois a Lagoa Azul é linda e um ótimo local para relaxar.

Para chegar até ela, é preciso ir de buggy até certo ponto e depois atravessar a água com uma jangada. O preço da travessia é de R$20 e vale muito a pena.

Nela, é possível também passear de caiaque, o que é um passeio bem diferente e interessante.

Lagoa Azul de Jericoacoara.

A Lagoa Azul não estava tão azul quando fui porque estava chovendo, mas ainda é um ótimo lugar! Paula Rocha

Onde comer na Lagoa Azul

O principal restaurante da Lagoa Azul é a Barraca Lagoa Azul, parte da Pousada Lagoa Azul. Embora faça parte de uma pousada, não é necessário estar hospedado nela para usar o restaurante.

Lagoa de Tatajuba

A Lagoa da Tatajuba é uma linda lagoa que fica entre as dunas, que têm a areia mais escura do que as outras lagoas e praias de Jericoacoara.

Este é um bom lugar para passar o dia, com quiosques pitorescos e charmosos na margem da lagoa, além de redes dispostas ao longo da água. No entanto, a área das dunas é um pouco pequena, então ficará um pouco apertado se for em época de alta temporada.

Aqui, é possível fazer tirolesa, com custo de R$15.

Buraco Azul de Jericoacoara

O Buraco Azul é uma atração turística recém-inaugurada em Jericoacoara, na região de Caiçara, que consiste em uma fenda enorme e funda, cheia de água natural da chuva e bem azul. Inicialmente, o lugar seria uma rodovia, então foram feitas escavações na área. Porém, a construção foi parada por causa das chuvas, que encheram os buracos e deram vida ao Buraco Azul.

Atenção: é cobrada uma taxa de R$10 na entrada.

Há redes nas margens e balanços, criando um ambiente propício para lindas fotos e descanso.

Buraco Azul em Caiçara.

Balanço no Buraco Azul. Fran Barros

Opções de restaurantes no Buraco Azul

Por ser um local turístico novo, a rede de restaurantes ainda é pequena no Buraco Azul. Sendo assim, a Patinha Bar é a opção mais popular do lugar, com decoração simples e bonita, oferecendo um bom cardápio e bebidas.

Quando conhecer as Praias de Jericoacoara: melhor época

A melhor época para ir à Jericoacoara é de agosto a dezembro, pois não há riscos de chuvas para cancelar os passeios e dias nas praias. Além disso, as lagoas estão bem cheias, uma vez que costuma chover bastante no início do ano em Jericoacoara, o que enche os mares e dunas.

Por outro lado, a pior época para ir para Jericoacoara é de fevereiro a maio por conta do alto nível de precipitação.

Agora, se você não gosta de lugares cheios, evite também viajar em julho, novembro, dezembro e janeiro, já que é o período de alta temporada de Jericoacoara. Consequentemente, o preço de onde ficar e onde comer ficarão maiores, assim como os valores dos passeios. Todavia, caso sua única escolha seja ir nesses meses, garanta suas reservas de hospedagem o mais rápido possível, certo?

Confira também: Como chegar em Jericoacoara

Letreiro Jeri.

Jeri é um dos destinos mais lindos e incríveis para conhecer no Brasil! Portanto, planeje-se com antecedência e aproveite ao máximo, principalmente as praias de Jericoacoara e lagoas. E depois volte aqui para me contar o que achou, beleza?

Então, partiu Jeri?

Conheça a Lagoa do Portinho, um paraíso de dunas e água.

Todos os nossos artigos sobre Jericoacoara e Rota das Emoções

Está de viagem marcada ou planeja fazer a Rota das Emoções e viajar para Jericoacoara? Então, confira todos os nossos artigos sobre esses destinos para se planejar e viajar melhor:

  1. Onde ficar em Jericoacoara
  2. Como chegar em Jericoacoara
  3. O que fazer em Jericoacoara
  4. Praias de Jericoacoara
  5. Onde comer em Jericoacoara
  6. Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
  7. Onde ficar nos Lençóis Maranhenses
  8. Como chegar aos Lençóis Maranhenses
  9. Quando ir aos Lençóis Maranhenses
  10. Santo Amaro, Barreirinhas ou Atins?
  11. O que fazer em Barreirinhas
  12. O que fazer em Santo Amaro do Maranhão
  13. Parnaíba Piauí
  14. Delta do Parnaíba
  15. Praia do Coqueiro
  16. Lagoa do Portinho

Envie um comentário